PUBLICIDADE
Topo

"Moletom com casaco elegante é o look do inverno", diz Isabella Fiorentino

Isabela Fiorentino - Reprodução/Instagram
Isabela Fiorentino
Imagem: Reprodução/Instagram

Maria Carolina Gimenez

Colaboração para Nossa

07/04/2020 04h00

Isabella Fiorentino

Isabella Fiorentino

POR QUE É INFLUENTE

Mãe de trigêmeos, modelo, consultora de estilo e apresentadora do programa Esquadrão da Moda, no SBT, consolidou sua carreira no cenário fashion e também televisivo.

Defina seu estilo em algumas palavras.
Hoje eu defino meu estilo como descolado e descomplicado, sempre levando em consideração o conforto e jamais cair na monotonia. Sempre ter algo inusitado na composição do look.

Uma peça que, atualmente, é sua favorita?
A minha peça favorita hoje no meu guarda-roupa é o conjunto de moletom. Não é nenhuma coincidência com a quarentena, mas porque realmente estou me inspirando bastante em montar looks de moletom para o inverno, com casacos mais bacanas e elegantes. Adoro fazer o contraponto de descolado, uma coisa bem gostosa e descompromissada, com o casaco mais arrumado.

O que não pode faltar no seu armário?
Hoje em dia, é camiseta com ombreira. Eu sempre fui muito apaixonada pela estética dos anos 80 e, agora, algumas marcas fizeram as camisetas com a ombreira e eu estou bem apaixonada. Acho que, mesmo o combo camiseta e calça jeans, quando tem a ombreira sempre dá um ar mais importante no look.

E o que não entra no seu armário de jeito nenhum?
Para você ter uma ideia de como a moda é, não entrava pochete, mas hoje tenho pelo menos quatro. Não entrava sapato branco, agora tenho pelo menos dois. E minissaia era uma coisa que realmente eu não gostava, mas tenho usado só no programa, porque ali consigo ser várias personagens, várias Isabellas. Então eu brinco muito mais, tenho liberdade e me sinto muito à vontade. No meu dia a dia, a minissaia realmente é uma peça que eu realmente não me sinto muito à vontade.

O que você acha brega?
Não acho nada brega! Acho que existem muito mais looks ou peças inadequadas do que bregas. Porque uma peça muito brega pode ficar super cool dependendo da forma que a pessoa está usando.

Uma combinação perfeita?
Qualquer roupa com sapato baixo. Eu estou em uma fase de usar estes modelos de calçado mesmo com as roupas mais chiques e elegantes. Acho que fazendo uma combinação inteligente, escolhendo o sapato correto para aquela roupa mais arrumada, fica perfeito para o dia a dia e para uma balada. Afinal de contas, na balada a gente sempre quer aproveitar e se divertir, e, para isso, é preciso estar confortável.

Investe nos acessórios ou vamos de discreta?
Tem que investir em acessórios, mesmo aqueles mais discretos. Eu acho bonito quando faz uma combinação interessante, harmoniosa e com volumes bem pensados. Então, ao invés de encher uma mão de anel, fazer uma combinação dos volumes que fique harmoniosa nos dedos - não simplesmente colocar uma coisa em cima da outra. Isso requer tempo e requer um espelho para te ajudar a dizer se isso está harmonioso ou não. Na dúvida, imprima inspirações no Instagram e faça uma pastinha para copiar sem problema algum.

Qual a peça de roupa mais antiga que você tem?
Um vestido todo de tricot preto feito pela minha avó italiana paterna. Tem mais de 50 anos!

Uma tendência que você não curtiu e depois começou a seguir?
Eu não gostava da história do sutiã aparecendo, mas comecei a fazer algumas combinações e achei super elegante. Hoje, adoto no meu dia a dia.

Um ícone da moda?
Ucha Meirelles, Viktoria Rader, Costanza Pascolato e Helena Bordon.