PUBLICIDADE
Topo

Província italiana fecha bares, sorveterias e confeitarias

Pessoas com máscara em Bolzano, na Itália - Getty Images
Pessoas com máscara em Bolzano, na Itália Imagem: Getty Images

29/10/2020 15h19

O governo da província autônoma de Bolzano, no extremo-norte da Itália, decidiu fechar bares e sorveterias em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2). Já restaurantes e lojas só poderão funcionar até as 18h.

As novas medidas, que tem como objetivo conter o avanço da segunda onda da Covid-19, serão aprovadas pelo governador Arno Kompatscher nesta quinta-feira (30) e entrarão em vigor a partir do sábado (31). As regras estão previstas para valer até 24 de novembro.

Cinemas, teatros e confeitarias serão fechados. Além disso, festas privadas e shows musicais também não poderão acontecer durante o período. A província proibiu a deslocação de pessoas entre 22h até 5h, exceto por razões de saúde ou trabalho.

"Devemos intervir de forma imediata e incisiva para bloquear a cadeia de infecções, com o objetivo de proteger a saúde da população e salvaguardar ao máximo as nossas escolas e os postos de trabalho. Não é uma decisão simples, mas é um passo absolutamente necessário. Se todos nós colaborarmos com disciplina e senso de responsabilidade, estou convencido de que seremos capazes de vencer o vírus", disse Kompatscher.

No setor da educação, escolas de ensino fundamental, médio e creches continuarão abertas para alguns serviços. Já alunos do superior terão aulas online, que deverão cobrir ao menos 50% da carga horária. É obrigatório o uso de máscara de proteção durante o horário letivo.

A prática de atividades esportivas será liberada apenas de forma individual. Já modalidades ou treinos em grupo estão proibidos durante o período.

Além dessas regras, que são válidas por todo Alto Ádige, estão sendo discutidas medidas ainda mais rígidas em alguns municípios, como o fechamento total de escolas, bares e restaurantes por 14 dias. Entre as cidades que podem adotar essas regras estão Laives, Sarentino, Campo di Trens, Racines eMalles.

Passando pela segunda onda do Sars-CoV-2, as autoridades de saúde da Itália informaram que o país já registrou 589.766 casos de Covid-19 e o número total de vítimas confirmadas é de 37.905.

Já a província contabiliza pouco mais de sete mil casos da doença e 298 mortes.