PUBLICIDADE
Topo

Espanha fecha acordo para polêmica ampliação do aeroporto de Barcelona

Barcelona, Espanha - Getty Images
Barcelona, Espanha Imagem: Getty Images

da AFP, em Barcelona

03/08/2021 14h40

O governo espanhol chegou a um acordo com as autoridades locais para investir ? 1,7 bilhão na ampliação do aeroporto de Barcelona e transformá-lo em um ponto de conexão intercontinental - um polêmico projeto frontalmente rejeitado pelos ecologistas.

O plano de remodelação do segundo aeroporto da Espanha, pelo qual passaram 52,7 milhões de passageiros em 2019, despertou muita controvérsia por sua proximidade a um espaço protegido nas zonas úmidas do delta do Llobregat (sudoeste de Barcelona).

As obras preveem a construção de um novo terminal satélite e a ampliação de uma das três pistas do aeroporto de El Prat para reforçar as conexões com o continente americano e asiático.

"É uma notícia muito boa para a Catalunha e, eu diria, também para o conjunto do país", afirmou o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, nesta terça-feira (3).

Antes, o chefe do Executivo regional catalão, Pere Aragonès, já havia assegurado que o projeto respeitará todas as exigências ambientais da Comissão Europeia, "sem armadilhas", mas não detalhou como vai evitar os potenciais danos ao ecossistema da região.

"Ambos os governos sabem que estão aprovando um ataque ao meio ambiente. Por isso, insistem em ressaltar as medidas de compensação", criticou Adrián Fernández, da ONG Greenpeace Espanha.

A ampliação ainda precisa superar várias etapas, incluindo a europeia. A expectativa é que a obra esteja concluída em 2030, segundo estimativas do Executivo central.