PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Arnaldo: "O Cruzeiro não sobe agora, mas a impressão é que o pior passou"

Do UOL, em São Paulo

03/01/2021 04h00

O Cruzeiro disputa pela primeira vez a Série B do Campeonato Brasileiro e caminha para jogar novamente a segunda divisão nacional também na próxima temporada, com chances pequenas de retorno à elite a apenas seis jogos do fim da competição na qual é apenas o 11º colocado, tendo jogado com seis pontos a menos como punição da Fifa.

No podcast Posse de Bola #87, Arnaldo Ribeiro afirma que, embora o clube treinado por Felipão viva uma situação incômoda com a maior possibilidade não subir na atual temporada, justamente no ano do centenário, o pior parece ter passado e o término da Série B dará a chance de uma preparação melhor para o retorno à Série A na próxima edição.

"Em relação ao Cruzeiro, a minha impressão é que no ano do centenário, é o clube centenário desse momento, não vai subir, mas a minha impressão é que o pior já passou. A partir do momento em que o time começa uma temporada devendo ponto, não podendo inscrever jogador e tudo mais, mas mesmo assim tinha orçamento e time para subir. Tinha, não subiu, mas a minha impressão é que o pior já passou para o Cruzeiro", diz Arnaldo.

O jornalista cita a permanência como um segundo rebaixamento do Cruzeiro, mas vê o cenário como mais comum aos times grandes que descerem à Série B e que o trabalho do clube deve ser voltado desde o estadual para a preparação visando uma boa campanha na temporada seguinte.

"O conformismo em ter esse segundo rebaixamento, que é voltar a disputar a Série B, nenhum grande do tamanho do Cruzeiro ficou duas temporadas seguidas na Série B. A partir de agora vai ser assim e vai ser com outros. O Cruzeiro tem que se preparar, até já tem uma situação, a Série B termina mais ou menos um mês antes da Série A, então não vai ter aquela emenda de estadual que vários times da Série A terão", afirma Arnaldo.

"O Cruzeiro tem tempo de se preparar para 2021 para, por que não, disputar o título estadual lá, que não é o mais importante, pensar na Copa do Brasil em algumas fases que vão dar grana e classificação, e, sobretudo, começar direito sem ponto negativo o projeto de retorno para a Série A. Quem começa com menos seis, não sobe, até moralmente, quem começa com menos seis, não tem que subir, passa a próxima vez", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol