PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Juca Kfouri: Não há otimismo para o Corinthians após a final do Paulista

Do UOL, em São Paulo

07/08/2020 18h20

O Corinthians decide o título do Campeonato Paulista com o Palmeiras amanhã, às 16h30, para tentar ser o primeiro clube a conseguir o tetracampeonato estadual em São Paulo na era profissional, mas o time comandado por Tiago Nunes poderia fazer o torcedor esperar por brigar em competições maiores no caso de chegar ao feito inédito no Paulistão?

No podcast Posse de Bola #45, Juca Kfouri aponta que depois do estadual o torcedor pode se acostumar a não esperar pela briga por títulos em competições maiores com as condições atuais em que se encontra e em período pré-eleitoral.

"Não olho com nenhum otimismo para a campanha futura do Corinthians depois de amanhã, amanhã é o dia do Corinthians em 2020", diz Juca.

Para Juca, a participação do Corinthians no Campeonato Brasileiro deve visar a classificação para a Libertadores de 2021 e o torcedor não pode se iludir com a busca pelo título nacional.

"No Brasileiro, o Corinthians tem que fazer uma campanha para não correr riscos, o Corinthians tem que fazer uma campanha, quem sabe como está falando o presidente do Fluminense em relação ao Fluminense, mirar uma pré-Libertadores ou até, são tantas vagas da Libertadores, até uma vaga direta, mas não pode nem pensar em título, nem pensar", afirma o jornalista.

"Ainda mais se prevalecer a única chapa que está com o discurso, pelo menos, de botar as finanças do clube em dia, que é a chapa do Mario Gobbi, aí então é que esqueça mesmo de possibilidades de título porque ele já disse que não será a prioridade do Corinthians e não pode ser. Agora, com esse time não há Tiago Nunes que leve a um título, seria pedir demais. Mas eu também não vejo muita condição de com esse time ele implantar o futebol que, por exemplo, tinha ano Athletico-PR, porque são pressões diferentes", conclui.

Tironi: Tiago Nunes se adaptou ao Corinthians e não mudou o time

Contratado com a proposta de mudar a forma de o Corinthians jogar depois de anos com um time mais defensivo, o técnico Tiago Nunes não teve sucesso nas mudanças antes da parada do futebol devido à pandemia do novo coronavírus, e voltou com um modelo de jogo mais parecido ao anterior, de treinadores como Fabio Carille.

Para Eduardo Tironi, assim como o Palmeiras de Luxemburgo não apresentou o jogo ofensivo prometido, Tiago Nunes sofreu mais mudanças na sua forma de trabalhar do que o Corinthians.

"No caso do palmeirense, quando o Felipão vai embora, é a mesma história do Tiago Nunes, chegou para mudar o jeito de jogar, agora é o futebol ofensivo, todo mundo olhando para o Flamengo do Jorge Jesus e tal, mas o que os caras fizeram, os dois, não foi nada disso e isso ficou escancarado na primeira partida. Como eu acabei de falar, o Tiago Nunes se transformou no Corinthians mais do que transformou o Corinthians", diz Tironi.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol