Topo

Liga dos Campeões 2019/2020


Pep Guardiola compara partida com a Atalanta a ida ao dentista

"Enfrentar a Atalanta é como ir ao dentista, é muito, muito duro, e sabíamos que seria", disse técnico - Action Images via Reuters/Lee Smith
'Enfrentar a Atalanta é como ir ao dentista, é muito, muito duro, e sabíamos que seria', disse técnico Imagem: Action Images via Reuters/Lee Smith

Da Reuters, em Milão (Itália)

07/11/2019 10h20

Enfrentar a Atalanta é como ir ao dentista, disse o técnico do Manchester City, Pep Guariola, depois que os atuais campeões ingleses ficaram no empate por 1 a 1 com o time italiano em partida da Liga dos Campeões da Europa.

A Atalanta joga pela primeira vez na Liga dos Campeões e perdeu seus três primeiros jogos no Grupo C, incluindo uma derrota de 5 a 1 para o Manchester City, mas após a partida de quarta-feira Guardiola disse que a campanha ruim não significa que o time não é difícil de derrotar.

"Todos os italianos dirão a vocês que conseguir quatro pontos contra eles é um grande sucesso para nós", disse Guardiola, que teve que usar três goleiros no jogo - Ederson saiu contundido, Claudio Bravo foi expulso e o zagueiro Kyle Walker terminou defendendo o gol.

"Enfrentar a Atalanta é como ir ao dentista, é muito, muito duro, e sabíamos que seria. Foi um grande desempenho em todos os sentidos", acrescentou.

Quando lhe perguntaram por que acha que o Atalanta passou dificuldades, Guardiola respondeu: "Os outros dois times são muito fortes. O Shakhtar Donetsk é um time que disputa a competição todo ano e tem muita experiência, o outro, Dínamo de Zagreb, é uma surpresa, um time realmente determinado. Esta é uma competição muito dura".

Resumo da 4ª rodada da Liga dos Campeões

UOL Esporte