PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Chelsea prepara investidas com jovens e atacante do Manchester City

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

24/05/2022 17h58

Esperando a aprovação do governo do Reino Unido para oficializar sua compra, Chelsea e Thomas Tuchel já estudam peças para o elenco da temporada 2022/2023. A venda de £ 4,25 bilhões (R$ 25,7 bilhões na conversão atual) dos Blues para um consórcio norte-americano liderado pelo magnata Todd Boehly, promete trazer novos ares para os Blues. Raheem Sterling, Jules Koundé e Joska Gvardiol aparecem como prováveis nomes.

Um nome bombástico é especulado nos bastidores dos blues é o de Raheem Sterling, que acabou de conquistar a Premier League pelo Manchester City. Segundo o Jornal “The Telegraph”, Hakim Ziyech, Timo Werner e Christian Pulisic podem ser tentados a sair neste verão, e o nome camisa sete do City, é visto com bons olhos pelos lados de Londres. Com contrato com até 2023, Sterling só deve decidir o seu futuro após os jogos da Nations League na primeira quinzena de junho.

Os jovens defensores Jules Koundé e Joska Gvardiol, do Sevilla e RB Leipzig, respectivamente, aparecem no topo da lista de prioridades, já que é certa a saída de jogadores como Rüdiger, que está indo para o Real Madrid, e Christensen, que está se juntando ao Barcelona. A lista de perca de jogadores defensivos do clube ainda pode ficar maior, já que os espanhóis Azpilicueta e Marcos Alonso já deram a entender que querem buscar novos mercados.

Assim as opções de Koundé e Gvardiol se tornaram as possíveis resoluções desta crise defensiva, mas não são os únicos nomes procurados. Pau Torres, do Villarreal, e José Gimenez, do Atlético de Madrid, também aparecem numa possível lista de nomes já consultados.

Thomas Tuchel já deu a entender que nomes emprestados pelo clube também podem ser testados durante a pré-temporada. O atacante Armando Broja (emprestado na última temporada ao Southampton) e o meia Conor Gallagher (emprestado ao Crystal Palace) foram diversas vezes elogiados pelo comandante do Chelsea durante a temporada, e seus regressos são bastante aguardados e deverão ser bem conduzidos perante a nova reformulação.

Futebol