PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Chiellini confirma aposentadoria da seleção italiana após duelo contra a Argentina

Chiellini lamenta eliminação da Itália para Macedônia do Norte nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022 - REUTERS/Guglielmo Mangiapane
Chiellini lamenta eliminação da Itália para Macedônia do Norte nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022 Imagem: REUTERS/Guglielmo Mangiapane

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

25/04/2022 21h05

Giorgio Chiellini admitiu que o jogo entre campeões da Copa América e da Euro em Wembley, será sua despedida com a camisa da Azzurra. Ficando apenas na fase de grupos nas Copas de 2010 e 2014 - quando foi mordido por Suárez -, e nem se classificando para as Copas de 2018 e 2022, Chiellini levantou a hipótese da aposentadoria da seleção ainda em 2017, mas voltou para a disputa da Eurocopa 2020, na qual se consagrou campeão.

"Vou me despedir da seleção em Wembley, onde vivi o ápice da minha carreira vencendo o Euro. Gostaria de me despedir da Azzurra com uma boa memória. Esse certamente será meu último jogo com a Itália", disse o jogador em entrevista à DAZN.

O zagueiro é o sexto com mais atuações com a camisa da Itália, com 114 jogos, sendo superado apenas por Andrea Pirlo (116 Jogos), Daniele De Rossi (117 Jogos), Paolo Maldini (126 Jogos), Fabio Cannavaro (136 Jogos) e Gianluigi Buffon (176 Jogos).

Após a vitória por 2 a 1 na Serie A nesta segunda (25) contra o Sassuolo, Chiellini foi perguntado sobre sua relação de amor com a Juventus também estaria próximo do fim:

"Meu caso de amor com a Juventus não está acabando. Isso nunca vai acabar! O amor é tão forte que no que me diz respeito, mas também acho que nunca vai acabar. Claro que de agora até o final da temporada eu tenho que avaliar tudo, conversar com minha família sobre o que é melhor", afirmou o zagueiro de 37 anos, que tem contrato com a Juve até Junho de 2023.

No entanto, isso foi assinado antes da Itália não se classificar para a Copa do Mundo de 2022, então a situação pode ter mudado e ele está reconsiderando suas opções. Segundo o jornalista italiano Fabrizio Romano, a MLS poderá ser o provável destino do zagueiro.

Futebol