Topo

Esporte


COI garante patrocínio da Coca-cola e Mengniu até 2032

24/06/2019 05h50

Madri, 24 jun (EFE).- O Comitê Olímpico Internacional (COI) assinou nesta segunda-feira acordos de patrocínio com Coca-cola e Mengniu para o período 2021-2032.

Enquanto a empresa chinesa Mengniu entrou pela primeira vez para o programa TOP (The Olympic Partners), que reúne patrocinadores preferenciais do Movimento Olímpico, a Coca-Cola prolongou um acordo com o COI que começou em 1928 e que já é "o programa mais longo da história do patrocínio esportivo, mas do patrocínio em geral", afirmou o presidente do COI, o alemão Thomas Bach, durante a assinatura.

A Mengiu é uma das principais empresas do setor lácteo chinês, de propriedade majoritariamente estatal, que fabrica e distribui leite, iogurte, sorvetes e leite em pó. Em 2014 se tornou a primeira companhia de lácteos a ser cotada no índice Hang Seng da bolsa de Hong Kong.

Jeffrey Lu, seu diretor-executivo, e James Quincey, presidente da coca-cola, participaram do anúncio do acordo em Lausanne (Suíça), onde hoje se reúne a assembleia do COI para escolher a sede dos Jogos de Inverno de 2026.

O patrocínio vai até 2032, ano no qual acontecem os Jogos Olímpicos de verão em uma sede ainda não escolhida.

Do programa TOP, criado em 1985, participam atualmente as empresas Coca-Cola, Alibaba, Atos, Bridgestone, Dow, General Electric, Intel, Ômega, Panasonic, P&G, Samsung, Toyota e Visa. EFE

Mais Esporte