Topo

Esporte


Adversária de 'Bate-Estaca' pelo título admite surpresa com chamado do UFC

Ag. Fight

17/07/2019 11h29

Weili Zhang é a sexta colocada dos pesos-palhas (52 kg) do UFC, mas ainda é muito pouco conhecida do público que acompanha o MMA. Com apenas três lutas dentro do Ultimate, ela conseguiu uma chance pelo título da categoria contra Jéssica 'Bate-Estaca', em confronto que será realizado no UFC China, em 31 de agosto. E não foram só os fãs que se surpreenderam com o anúncio da organização de que seria a chinesa a primeira desafiante da brasileira. A própria Zhang sentiu-se assim.

Em entrevista ao site 'MMA Junkie', a peso-palha reconheceu que é virtualmente desconhecida do público geral.  Weili vem de uma vitória por decisão unânime sobre Tecia Torres, em março. Mas, depois disso, teve dificuldades para conseguir uma luta. Segundo a chinesa, Cláudia Gadelha, Joanna Jedrzejczyk e mais uma outra atleta se negaram a enfrentá-la.

"Quando acabou minha luta no UFC 235, eu me senti muito bem fisicamente. Então, eu rapidamente recebi a informação de que poderia lutar de novo. Depois daquela luta, eu estava na sétima posição do ranking. Na minha frente, só duas lutadoras não tinham luta naquele momento: Gadelha, que estava em quinto, e Joanna, que era a segunda colocada. Eu estava muito empolgada, mas as duas negaram lutas comigo", disse.

"Depois das duas rejeições, minha mentalidade ainda estava muito pacífica e eu achei que não tinha problema. Depois, outra sétima colocada recusou uma luta comigo. Então, três pessoas me negaram, o que me deixou um pouco perdida. Senti que perdi minha meta em treino e preparação. Esta situação aconteceu antes de eu ter assinado com o UFC. Naquela ocasião, meu empresário falou: 'Não é fácil achar uma adversária para Weili. Isso está acontecendo de novo?'. Desta vez, eu cobrei meu empresário. Eu até mandei mensagem para Dana", lembrou.

Pelo que Zhang contou, diante do cenário pouco animador, sequer passava pela sua cabeça uma chance pelo título. Foi aí que o Ultimate veio com a ideia de ela desafiar Jéssica em um confronto na China. O convite, segundo a peso-palha, deixou até sua própria equipe surpresa.

"Depois de três oponentes negarem lutar comigo, meu empresário me falou que eu precisaria enfrentar a vencedora de Grasso e Karolina. Naquele momento, eu estava em um estado muito ruim. Minha equipe me deu uma semana de folga e eu esperei pela luta entre as duas. Quando acabou, eu imediatamente comecei a me preparar para o combate. No terceiro dia, comecei a me preparar para a batalha e recebi a notícia que me chocou. Todos os integrantes da nossa equipe ficaram surpresos. Nós sentimos que foi realmente um pouco rápido - e a experiência de todos os altos e baixos que me trouxeram para cá me deixa em êxtase", concluiu.

Weili Zhang, de 29 anos, tem 20 lutas profissionais e só perdeu a primeira. Depois, fez uma vitoriosa jornada pelo MMA asiático, até conseguir o contrato com o UFC. No octógono mais famoso do mundo, derrotou Danielle Taylor, Jessica Aguilar e Tecia Torres antes de garantir a disputa de título.

Esporte