PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Infração de regras do Grupo Disney levou Bibiana Bolson a sair da ESPN

Bibiana Bolson deixou os canais Disney em 10 de janeiro - Instagram/bibianabolson
Bibiana Bolson deixou os canais Disney em 10 de janeiro Imagem: Instagram/bibianabolson

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

21/01/2022 04h00

No último dia 10 de janeiro, Bibiana Bolson anunciou sua saída dos canais Disney após cinco anos na empresa. O UOL apurou que a saída da jornalista, em comum acordo com a emissora, ocorreu depois de um processo de compliance que orientou pelo desligamento da profissional por infração de regras da empresa —os detalhes do caso são sigilosos.

O compliance é um conjunto de medidas e regras da empresa, que tem como objetivo garantir o comportamento ético dos funcionários a fim de evitar qualquer prejuízo à corporação.

Assim que tomou conhecimento da infração cometida por Bibiana no ano passado, o Grupo Disney iniciou um processo de investigação por compliance e passou a ouvir testemunhas. O caso chegou à sede da empresa e, após três meses, a entidade que cuida do cumprimento de regras decidiu orientar pelo desligamento da profissional.

  • De segunda a sexta, às 17h, o Canal UOL traz, ao vivo, as últimas informações do mercado da bola. Inscreva-se no YouTube de UOL Esporte e confira também as lives dos clubes, Posse de Bola e UOL News Esporte:

A Disney procurou por Bibiana e a jornalista deixou a empresa em comum acordo. Esse é um padrão do grupo e já ocorreram outros desligamentos nos mesmos moldes. Assim como o caso de Bibiana na ESPN, há um tempo, uma produtora foi alvo de um processo de compliance que resultou na orientação pelo desligamento e a profissional saiu da mesma maneira.

Ainda segundo apuração da reportagem, o desligamento de Bibiana era debatido na empresa havia algum tempo. A profissional tinha problemas internos com outros funcionários da ESPN como produtores, talentos e integrantes dos bastidores, que se incomodavam com o comportamento da jornalista.

O último incidente com os colegas de reportagem e produção ocorreu dias antes de sua saída. Responsável pela cobertura do Palmeiras na televisão, Bibiana informou aos chefes que passaria férias em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos) às vésperas do Mundial de Clubes (a primeira partida será no dia 3 de fevereiro), que contará com a presença do time alviverde. Ela, então, disse que poderia ficar na cidade para a cobertura do torneio. A proposta não caiu bem na equipe. Principalmente porque a escalada para a missão é a repórter Natalie Gedra, e Bibiana estaria forçando uma situação para assumir uma função para qual não fora inicialmente escolhida.

No final de novembro, Bibiana também causou desconforto. Enquanto estava em Montevidéu para a cobertura da final da Libertadores 2021 entre Palmeiras e Flamengo, a repórter postou mensagens em redes sociais nas quais debochou de clubes da série A do futebol brasileiro. O comportamento foi classificado como inapropriado e ela recebeu uma advertência formal da chefia dos canais Disney.

Por outro lado, a jornalista se sentia descontente com a ausência de liberdade no Grupo Disney. Bibiana queria tocar projetos pessoais de forma paralela, como trabalhos publicitários, e não era autorizada.

Bibiana esteve na ESPN nesta semana para assinar sua saída. Internamente, nos canais Disney, o caso é tratado com extremo sigilo. Alguns envolvidos no processo se reuniram com a chefia para debater possíveis repercussões do caso e ouviram pedidos para que não comentassem o assunto dentro e fora da emissora.

A reportagem procurou pela empresa, que preferiu não se manifestar oficialmente sobre o assunto.

O UOL entrou em contato com Bibiana e a repórter também optou por não se pronunciar de forma oficial sobre o caso. Ela está com contrato encaminhado com a Jovem Pan.

UOL Esporte vê TV