PUBLICIDADE
Topo

Paparazzi

"A loira de brinde": Karoline Lima revela preconceito por namorar Militão

Karoline Lima é influencer e vive em Madri com Éder Militão - Reprodução/Instagram
Karoline Lima é influencer e vive em Madri com Éder Militão Imagem: Reprodução/Instagram

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

29/09/2021 04h00

A modelo e empresária Karoline Lima tem feito sucesso nas redes sociais ao narrar as partidas do Real Madrid, time que o namorado Éder Militão defende. Em entrevista com o UOL Esporte, a influencer falou sobre o sucesso de seus comentários sobre futebol, contou da nova vida na Espanha e relatou uma situação complicada: o preconceito por se relacionar com um atleta, vindo até mesmo de outras esposas de jogadores.

"Vivo muito esse preconceito por eu me relacionar com jogador. O futebol é um universo muito masculino e o machismo está bem entranhado. Muitos ainda me veem como troféu do jogador. Recebi mensagens falando que 'um jogador, quando melhora de vida e vai para um clube grande ganha uma loira de brinde'. Uma coisa que me chateia é essa necessidade de precisar provar que eu estou com ele porque eu gosto mesmo dele. É verdadeiro. Antes dele eu já era eu, não é que ele me descobriu", contou Karoline.

"O preconceito que mais me chateia é o das mulheres. Tem muita mulher, que também é esposa de jogador, e se incomoda comigo. Acham que a mulher não tem muita voz e é reduzida a 'esposa de jogador'. Ela não tem fala, não tem personalidade e é um adereço do jogador. E eu não sou isso. Eu sou desbocada, posto fotos, falo mesmo, faço as narrações... E essas mulheres não gostam disso", acrescentou a influencer.

O namoro de Karoline e Militão foi anunciado em julho, com uma foto do casal em Angra dos Reis publicada nas redes sociais. Segundo a cearense, a relação começou com uma grande amizade e, hoje, a sensação é que ambos se conhecem há muito mais tempo.

"A gente estava no Rio de Janeiro e nos conhecemos por amigos em comum. Passamos praticamente uma semana nos falando muito, juntos no Rio. Fizemos uma amizade muito grande. Só no dia que fomos embora do Rio que a gente ficou. Nos beijamos e ele foi embora horas depois. Não foi nada planejado. Nem sabia quem ele era e nem ele sabia quem eu era. Mas nos aproximamos muito porque nos demos bem desde o primeiro dia", relembrou.

"Parece até que estamos juntos há mais tempo. Se for contar desde o dia que nos conhecemos, tem só três meses. Mas parece que é uma vida, porque já estamos morando juntos e tal. E como estamos sem nossas famílias aqui, a gente se tornou a família um do outro e nos unimos ainda mais. Ele me apoia muito e eu o apoio demais. Eu o admiro demais, fico doida quando ele joga bola. Quando nos conhecemos, eu fui na cidade dele, onde ele cresceu, conheci as origens dele e passei a admirá-lo mais ainda", continuou.

No início de agosto, Karoline embarcou para Madri para reencontrar Militão. Como trabalha com publicidade, a mudança não influenciou em sua carreira. A jovem, inclusive, tem feito sucesso com um "novo quadro" em seu perfil oficial no Instagram: as narrações dos jogos do Real Madrid. Karol faz o papel de locutora, analista e comentarista de arbitragem.

"Nossa, a repercussão é muito doida. Eu sempre amei futebol... Sempre acompanhei. Um dia, eu resolvi comentar com o pessoal no Instagram e tomou uma repercussão bizarra. As mulheres adoraram e os homens passaram a me seguir e acharam engraçado também. Sempre quando vai ter jogo, o pessoal me manda mensagem perguntando das narrações. Eu consegui agradar o meio do meu namorado sendo eu mesma. Não precisei me transformar na moça chique, séria, recatada e caladinha", comentou.

Militão também é fã das narrações. Segundo Karoline, ele é mais tímido em frente às câmeras e ela o ajuda quando ele precisa dar entrevistas.

"Na apresentação dele no Real Madrid, ele até travou. É uma coisa muito dele. Eu trabalho com imagem e exposição e preciso disso. Mas ele é jogador, o trabalho dele é jogar bola. Então não forço ele a participar dos meus vídeos nem nada. Quando coloca câmera na frente desse homem, ele trava. Ele é divertido, passamos o dia brincando igual duas crianças aqui. Às vezes, quando ele tem que gravar alguma coisa, ele me pede dicas... eu ajudo ele com entrevistas. No último jogo da seleção, ele me ligou: 'meu Deus do céu, amor, querem fazer uma entrevista comigo, e agora?'", disse Karoline.

O próximo jogo do Real Madrid é no domingo (3), contra o Espanyol, pelo Campeonato Espanhol. Os seguidores e fãs podem se preparar porque terá a famosa narração de Karoline Lima.

Paparazzi