PUBLICIDADE
Topo

Palavrões, provocações e cafezinho: como é o "Os Donos da Bola" fora da TV

Neto, apresentador do Os Donos da Bola
Neto, apresentador do Os Donos da Bola
Reprodução/TV Band

João Victor Miranda

Colaboração para o UOL

19/06/2021 04h00

Quem vê o Craque Neto 'pistolar' no Os Donos da Bola, na Band, contra Corinthians, Palmeiras, jogadores e até políticos, talvez nem imagine como ele se comporta nos bastidores. Não precisa imaginar tanto, já que a atração é exibida sem cortes no YouTube, mostrando o melhor e o pior de Neto.

Basicamente, o Neto dos intervalos é uma versão potencializada dele mesmo, já que este é o momento em que ele se vê livre das limitações impostas pelo horário e pela TV aberta.

Continua depois da publicidade

Sem as restrições, sobram palavrões, provocações aos colegas e dá tempo de tomar até um cafezinho - que pode ser outra coisa dependendo do dia. Abaixo, o UOL Esporte mostra alguns momentos marcantes do Os Donos da Bola fora da TV.

Carinho com os funcionários

Um lado não tão conhecido de Neto que fica evidente nos intervalos é o carinho com colaboradores da Band. O último dia 14 de junho, foi um exemplo disso.

Após pagar uma aposta a Velloso com uma caixa de paçocas, o apresentador chamou um funcionário da produção, fez perguntas sobre a gravidez de sua esposa, e o nome do bebê - Gustavo, assim como o de Neto - e o também o presenteou com os doces.

neto - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Neto dá caixa de presente para funcionário no intervalo do Os Donos da Bola
Imagem: Reprodução/YouTube
Continua depois da publicidade
Vem cá, filho, você. Sua esposa está grávida, não? Quantos meses? Cinco já? É menina ou menino? Como vai chamar? Gustavo! O nome do meu filho

Além da caixa de paçocas, o funcionário com a esposa grávida voltou a ser protagonista no intervalo da edição do dia 17. Na ocasião, Neto prometeu um 'berço do Corinthians' ao empregado da Band e ainda mandou um recado a Andrés Sanchez.

Palavrões

Se na TV, em que é orientado pela direção da Band a não falar palavrões, Neto às vezes deixa algum escapar, no YouTube, onde há mais liberdade de linguagem, o apresentador não tem papas na língua.

Um bom exemplo foi a edição do dia 2 de junho, quando Neto parece ter sido aconselhado a pegar leve com os palavrões. Sua reação? Mais palavrões.

neto 2 - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Neto em discussão sem filtros no intervalo do Os Donos da Bola. Palavrão também vale
Imagem: Reprodução/YouTube
Continua depois da publicidade
A gente está onde? YouTube? P* que o pariu! Por que não avisa antes? Evita. Se o Sylvinho ganhar o jogo de 2 a 0, levar para os pênaltis e ganha, a palestra dele vai ser f*
Eu não quero mais falar da palestra, mas você já investiu em ?bitcon?? E daí que o certo é ?bitcoin?? Vai para a p* que te pariu! Você não me corrige aqui. ?Bitcoin? é o c******!

Cafezinho e celular

Tão tradicional quanto os palavrões é o cafezinho no intervalo. Xícaras personalizadas com os rostos dos comentaristas - uma cópia do Segue o Jogo, da TV Globo, como o próprio Neto já admitiu - são distribuídas com a bebida.

Outra cena que o internauta com certeza verá durante o intervalo é a dos comentaristas tirando os celulares dos bolsos para se atualizarem ou simplesmente para procurar respostas para questões que não foram respondidas no ar.

neto 3 - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Neto bebendo café durante o intervalo do Os Donos da Bola
Imagem: Reprodução/YouTube
Continua depois da publicidade

Assuntos 'esquecidos'

À vontade quando o assunto é Corinthians, Neto costuma dedicar mais tempo ao time do coração que aos rivais. O que pode ser visto como um ponto negativo, para muitos é parte da sua autenticidade. O problema é quando o tempo acaba. Aí, a solução é aproveitar o espaço no YouTube.

No dia 7 de junho, por exemplo, Neto dedicou os trinta primeiros minutos do programa para tratar polêmicas relacionadas à CBF e à Copa América. Cinco minutos foram dedicados à vitória do Corinthians sobre o América-MG por 1 a 0.

Faltou tempo para falar da primeira vitória do Palmeiras no Campeonato Brasileiro: 3 a 1 sobre a Chapecoense e da derrota do São Paulo para o Atlético-GO por 2 a 0. A solução encontrada por Neto? Uma discussão com menos filtros - e tempo - no YouTube.

Souza: "O São Paulo não jogou mal. Se jogar 10 vezes daquele jeito? Foram falhas individuais.

Velloso: "O Volpi não tem culpa no lance do gol".

Neto: "Jogou bem? E por que perdeu? (...) A gente não tem a p* da imagem. Se tivesse essa imagem, dava para discutir isso. (...) Tomar no c*. Não dá para falar sem vídeo. O que eu faço, Cascão? Enfio o dedo no c*? Olha lá Velloso, o goleiro não tem culpa?

Continua depois da publicidade

Histórias inéditas

Também por conta da mudança de audiência no intervalo, Neto aproveita o momento para contar histórias inéditas. Na edição do dia 19 de maio, marcada pela visita da mãe do apresentador, uma das passagens mais engraçadas foi recordada pela Dona Cida - Ximbica, para os íntimos.

"A gente está no YouTube agora? Então eu vou contar. Um dia a gente estava deitado e o Neto chegou dizendo: 'Mãe, eu não sei o que eu fiz'", contou a mãe de Neto.

Aí eu perguntei se ele tinha ido pegar alguma menina. Ele respondeu que sim e que ela era virgem. E aí eu falei para ele: 'Você não fez nada com ela?'. 'Não, não fiz', ele me disse", acrescentou.

UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV