PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Galvão diz que colegas 'arrumavam discussões' para deixá-lo 'pilhado'

Galvão Bueno narra a Supercopa do Brasil, domingo, após 14 meses afastado - Reprodução/Twitter
Galvão Bueno narra a Supercopa do Brasil, domingo, após 14 meses afastado Imagem: Reprodução/Twitter

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/04/2021 17h42

Prestes a voltar às transmissões, Galvão Bueno admitiu que tem a mania de "ficar pilhado" antes de ir ao ar. No podcast "Hoje sim", do Globoesporte.com, o narrador contou que seus colegas costumavam "arrumar discussões" para deixá-lo agitado antes dos jogos.

Vacinado contra a covid-19, Galvão comanda a transmissão de Flamengo e Palmeiras, domingo, às 11h (de Brasília), pela Supercopa do Brasil. Esta será a volta do narrador após 14 meses afastado, por ser do grupo de risco.

"Ele (editor Luiz Fernando) dizia que eu tinha que arrumar uma discussão com alguém antes do jogo. E o Arnaldo, em entrevista recente, disse que ficava olhando para mim, e quando me via muito tranquilo, dizia: 'não pode ser assim'. Aí ele ia lá encher meu saco para eu bater boca com ele. Quando eu ficava pilhado, ele dizia: 'agora tá bom'. Então, a mania que eu tenho é ficar pilhado, subir a adrenalina", contou Galvão.

O narrador ainda revelou que gosta de fazer exercícios vocais e deixar seus pertences sempre no mesmo lugar.

"Fora essa coisa de pilhar, as minhas coisas sempre estão no mesmo lugar. E depois que cheguei à conclusão que a cafeína faz mal, eu peço para a produção levar uma garrafa térmica com a água quente", completou.

UOL Esporte vê TV