PUBLICIDADE
Topo

Paparazzi

Como é o método de fertilização em que campeão da NBA e Kardashian apostam

Khloe Kardashian, Tristan Thompson e a filha True - Reprodução/Instagram
Khloe Kardashian, Tristan Thompson e a filha True Imagem: Reprodução/Instagram

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

02/04/2021 04h00

Em entrevista recente à revista "Lady Parts", a socialite Khloé Kardashian anunciou o início de um processo de fertilização com o campeão da NBA Tristan Thompson. Ambos já são pais da pequena True Thompson, mas sempre sonharam em ter mais um bebê. A pandemia causada pelo novo coronavírus adiou os planos do casal, que decidiu, então, optar pelo congelamento de embriões.

"Meu plano foi adiado. Eu definitivamente quero mais filhos. Eu tenho muitos irmãos. Acho que é uma bênção —especialmente em momentos como esse [pandemia]— ter um integrante da família ou pessoas com quem você possa brincar e em quem possa se apoiar. Você sempre terá um amigo para a vida toda", comentou Khloé, que tem 36 anos de idade.

Em entrevista ao UOL Esporte, o médico ginecologista e obstetra Geraldo Caldeira explicou que esse é um processo comum entre mulheres que desejam ter mais filhos e tê mais de 35 anos. "Para esse processo de congelamento de embriões, é preciso colher os óvulos da mulher e o sêmen do homem. Então, fertilizamos e assim forma o embrião. Aí deixamos o embriãozinho congelado o tempo que o casal desejar ou precisar", explicou.

O médico, que é integrante da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia e da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH), além de membro do Serviço de Reprodução Humana do Hospital e Maternidade Santa Joana, também destacou que o processo escolhido por Khloé e Tristan Thompson é melhor do que o simples congelamento de óvulos. O que facilita é justamente o relacionamento dos dois.

"Com o embrião congelado, é preciso preparar o endométrio, descongelar o embrião e transferir ao útero da futura mãe. Entre congelar embriões e óvulos, o embrião é melhor, porque ele já é o estágio final da coisa, já é o que vamos usar. O óvulo ainda não, ele vai ter que virar embrião. Mas o problema é que uma solteira, sem parceiro, não consegue congelar embrião", explicou Caldeira.

Khloé explicou que a opção pela fertilização dos óvulos foi sem intenção. Quando o casal foi buscar informações para o tratamento, acabou notando a necessidade do congelamento de embriões.

"Percebemos que meus óvulos não são fortes o bastante para serem congelados. Eles devem ser fertilizados imediatamente para virarem embriões. Então, na verdade, temos que fazer embriões", justificou a Kardashian.

A pequena True que deve se preparar, porque Khloé e Tristan Thompson pretendem ir com tudo na fertilização de óvulos e congelamento embriões para gerarem vários irmãozinhos à primogênita.

Paparazzi