PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Disney começa a definir futuro dos profissionais de ESPN e Fox Sports

Luciano Amaral, da ESPN: apresentador renovou contrato com a Disney - Reprodução
Luciano Amaral, da ESPN: apresentador renovou contrato com a Disney Imagem: Reprodução

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

02/09/2020 04h00

A Disney está começando a decidir, aos poucos, o futuro de alguns profissionais de ESPN e Fox Sports. Isso por que contratos estão aos poucos vencendo e empresa americana está analisando caso a caso. Nesta semana, pelo menos três profissionais tiveram seus destinos sacramentados. Outros devem ser definidos ao longo dos próximo meses.

Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, a Disney renovou nos últimos dias os contratos de dois apresentadores conhecidos do público: Felipe Motta e Luciano Amaral. No entanto, quem saiu e não teve seu vínculo continuado, após um longo período no Fox Sports, foi o repórter Vagner Martins.

Felipe Motta é um dos primeiros nomes que originalmente são do Fox Sports a renovar com a Disney. O apresentador está na emissora esportiva desde janeiro de 2015. Atuou como apresentador dos programas "Bom Dia Fox" e "Central Fox". Desde a aprovação da fusão, o jornalista tem atuado bastante na apresentação da versão noturna do programa "SportsCenter", da ESPN Brasil, além de ter feito algumas vezes o "Futebol na Veia".

Já Luciano Amaral está na ESPN Brasil desde 2017, quando começou a atuar em programas esportivos como "Bom Dia ESPN" e na edição matinal do "SportsCenter". O apresentador, que ficou conhecido por ter atuado em programas infantis da TV Cultura nos anos 90, também atua no núcleo de cobertura de e-Sports do canal da Disney.

De saída está Vagner Martins. O repórter estava no Fox Sports desde 2013, onde cobria majoritariamente o dia a dia de Grêmio e Internacional. Em sua página nas redes sociais, ele explicou que a opção foi da Disney e que é muito grato por todo o período em que atuou como contratado do Fox Sports.

Outros contratos que estão vencendo nos próximos meses estão sendo analisados. A Disney tem adotado alguns critérios para renovação. A primeira deles é como o profissional pode ser aproveitado em transmissões e programas. Outra questão é a salarial. Valores que ultrapassam o teto adotado tentam ser reduzidos. Profissionais subutilizados também dificilmente ficam.

Um novo passo para a unificação dos dois canais deve ser feito neste mês de setembro. As transmissões da Libertadores, que ficarão exclusivas apenas no Fox Sports, deverão ter profissionais originalmente da ESPN escalados em alguns jogos. A definição disto deve sair na semana que vem.

UOL Esporte vê TV