PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Turner muda planos, e Santos x Athletico não terá transmissão na TV

 Fernanda Luz/AGIF
Imagem: Fernanda Luz/AGIF

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

11/08/2020 00h25

A Turner voltou a mudar os planos de jogos que fará nas próximas rodadas do Brasileirão. A programadora decidiu não exibir mais Santos x Athletico Paranaense, marcado para ser transmitido no próximo domingo (16), às 19h45, na TNT. Desta forma, a partida não terá mais nenhuma transmissão na televisão brasileira.

O confronto ficará "às cegas" também por causa da Globo, que escolheu outros três jogos para exibir na TV aberta no mesmo dia: Vasco x São Paulo, Fortaleza x Botafogo e Bahia x Red Bull Bragantino. No pay-per-view, o jogo não pode ser exibido por que o Furacão não tem acordo para transmissão no Premiere.

Com isso, o Athletico não terá exibidos os seus três primeiros jogos no Brasileirão na TV. A única alternativa pode ocorrer na partida contra o Goiás, marcada para amanhã (12). O clube do Paraná obteve liminar que autoriza a transmissão do seu serviço fechado para sócios torcedores, o Furacão Play. O Athletico já está tomando providências para exibir o jogo.

Foi a segunda mudança em seis horas que a Turner fez em sua tabela de transmissões. Anteriormente, a programadora escalou Bahia x Coritiba (2ª rodada) e Ceará x Fortaleza (7ª rodada) para exibir na TNT e tirou Palmeiras x Sport, que exibiria na 10ª rodada se baseando na MP 984, que dá ao mandante o direito de transmissão de um jogo.

Com isso, a Turner deve exibir onze jogos nas dez primeiras rodadas usando a medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro. Ontem (10), a Globo não conseguiu liminar na Justiça, que permitiu que a programadora americana exibisse partidas usando a nova lei.

Os jogos da discórdia estão marcados para o sábado (15). Coritiba x Flamengo e Palmeiras x Goiás no sábado (15), validos pela 3ª rodada do Brasileirão, serão exibidos em rodada dupla na TNT.

Ao todo, a Globo vai perder três jogos exclusivos do Flamengo no Premiere - contra Bahia, Ceará e Coritiba - que serviriam para recuperar o número de assinantes do serviço de pay-per-view da emissora, após as desistências durante a parada imposta pela crise do coronavírus.