PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inter cede empate ao Sport no fim e chega a três jogos sem vitória

Ricardo Duarte/Inter
Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

30/05/2021 22h25Atualizada em 30/05/2021 22h32

O Internacional foi absoluto no primeiro tempo, chegou a abrir dois gols de vantagem, mas levou empate do Sport na estreia do Campeonato Brasileiro. O placar de 2 a 2, hoje (30), no estádio Beira-Rio faz o time de Miguel Ángel Ramírez chegar a três partidas sem vitória. Nos seis jogos mais recentes, a equipe venceu apenas uma vez.

Edenilson e Rodrigo Lindoso marcaram para o Inter. Thiago Neves e André anotaram para o Sport. O gol de empate, aos 40 minutos do segundo tempo, chegou a ser anulado pela arbitragem. O VAR entrou em ação e retirou o impedimento, validando a bola na rede.

Nos acréscimos, outro lance polêmico. Patrick cruzou para área, a bola bateu no travessão e na sequência, Praxedes passou para Thiago Galhardo. O camisa 17 marcou gol de letra, mas a jogada foi anulada. A arbitragem anotou tiro de meta após o cruzamento. O Internacional reclamou da decisão alegando que a bola não saiu.

O Inter volta a campo diante do Vitória, pela Copa do Brasil, na quinta-feira (3). O Sport atua de novo contra o Fortaleza, domingo (13), no Ceará.

Nos últimos seis jogos, o Inter perdeu para Deportivo Táchira-VEN e Grêmio. Venceu o Olimpia, mas empatou com Grêmio, Always Ready e agora Sport.

Quem foi bem: Edenilson

Camisa 8 liderou o Inter no melhor momento dentro do jogo. E na cobrança de pênalti, bateu com categoria para abrir o placar.

Gol de escanteio virou rotina

O cabeceio de Rodrigo Lindoso, no canto esquerdo do gol do Sport, não foi aleatório. O segundo gol na estreia do Brasileirão confirma que a bola parada, especialmente o escanteio, se tornou arma no Inter de Miguel Ángel Ramírez. A jogada aérea marcou presença em vitórias recentes, como diante de Deportivo Táchira-VEN e Olimpia-PAR, pela Copa Libertadores.

Inter abre vantagem no início

O Inter se impôs nos primeiros minutos e dominou o Sport a partir do grande volume de jogo. Com Caio Vidal e Mauricio, o time gaúcho conseguiu ter profundidade e explorar bastante o campo ofensivo. Assim, gerou o lance que terminou em pênalti e gol. Ainda no primeiro tempo, no entanto, a equipe encontrou dificuldade na hora de criar diante da pressão adversária. A bola parada ajudou, pouco antes do intervalo.

Sport encaixa e equilibra o jogo

Depois de ser dominado na primeira parte do jogo, o Sport reagiu. Antes do intervalo, o time de Recife passou a adiantar mais um jogador para pressionar a saída de bola do Inter. A pequena alteração criou problema na circulação colorada e rendeu algumas chances. Em uma delas, Marcelo Lomba foi herói em duas conclusões seguidas.

No segundo tempo, a marcação do Sport rendeu maior segurança defensiva. Depois de pênalti convertido por Thiago Neves, o time visitante conseguiu se impor mais e passou a pressionar a defesa do Inter. Bolas longas e às costas da defesa fizeram surgir boas chances. Em uma delas, André aproveitou sobra na área para marcar.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 X 2 SPORT

Data e hora: 30/05/2021 (domingo), às 20h30 (horário de Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Alex Ribeiro
VAR: Péricles Bassols
Cartões amarelos: Mauricio, Moisés, Lucas Ribeiro (INT);

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia, Lucas Ribeiro, Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenilson (Nonato), Taison (Patrick); Caio Vidal (Palacios), Yuri Alberto (Thiago Galhardo) e Mauricio (Praxedes)
Técnico: Miguel Ángel Ramírez

SPORT: Mailson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Sander (Marquinhos); Marcão, Ricardinho, Paulinho Mocelin (Maxwell), Júnior Tavares e Thiago Neves (Gustavo); Mikael (André)
Técnico: Umberto Lozer

Futebol