PUBLICIDADE
Topo

Título pan-americano dá à Globo menor audiência com reprises da seleção

Marta e Cristiane comemoram gol da seleção brasileira na final do Pan de 2007 - Joel Auerbach/Getty Images
Marta e Cristiane comemoram gol da seleção brasileira na final do Pan de 2007 Imagem: Joel Auerbach/Getty Images

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/05/2020 18h21

Ao finalizar hoje (10) a série de reprises de jogos históricos da seleção brasileira, a Globo registrou sua pior audiência do horário nas últimas semanas. O recorde negativo veio com a goleada por 5 a 0 sobre os Estados Unidos, na final do torneio feminino dos Jogos Pan-Americanos de 2007, disputados no Rio de Janeiro.

Segundo dados prévios de audiência obtidos pelo UOL Esporte, que podem sofrer alterações no consolidado de amanhã (11), a reprise da goleada da seleção comandada por Marta, Cristiane, Formiga e companhia, marcou dez pontos de audiência na Grande São Paulo, com picos de 12.

No mesmo horário, o SBT foi vice-líder de audiência com o programa Eliana, marcando 6 pontos de Ibope. O terceiro lugar ficou com a Record, que exibiu o programa apresentado por Rodrigo Faro, obtendo 5 pontos. Por fim, a Band, com uma live de dia das mães do cantor Daniel, obteve 4 pontos de audiência.

Até então, o menor índice registrado durante as reprises havia sido na semana passada, quando a vitória da seleção de Neymar e companhia por 3 a 0 sobre a Espanha, pela final da Copa das Confederações de 2013, registrou 14 pontos.

A partir da semana que vem, a Globo passará a reprisar partidas históricas de clubes brasileiros. Cada canal local (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Recife) terá autonomia para reprisar um jogo.

Inicialmente, a emissora carioca anunciou para o Rio a reprise da final da Libertadores de 2019, conquistada pelo Flamengo. Para São Paulo, o Mundial de 2012 do Corinthians será atração.

Seleção Brasileira