Topo

UOL Esporte vê TV


Milton Leite: "Neymar é único craque do país, mas não se dedica à carreira"

UOL
Imagem: UOL

Do UOL, em São Paulo

17/07/2019 17h42

Na opinião de Milton Leite, Neymar tem talento suficiente para ser tratado como o único craque em atividade no futebol brasileiro. Entretanto, o narrador do Grupo Globo lamenta pelas polêmicas em que o jogador se envolveu dentro e fora de campo e acredita ser um caso de falta de foco.

"Você pode questionar por que ele está se machucando tanto, sendo que antes não se lesionava. Porque acho que ele perdeu o foco, não está concentrado na profissão dele. Não se dedica à profissão dele, dentro do campo, como acho que deveria se preocupar", disse em entrevista ao canal "Pingue-Pongue com Bonfá", publicada no YouTube. "Tecnicamente, eu acho o Neymar um tremendo jogador. É o único craque que o Brasil tem hoje em dia", completou.

"O que acontece é o comportamento dele. Eu acho inacreditável que ele tenha terminado a Copa do Mundo do ano passado como vítima de chacota. O Neymar virou uma grande piada internacional por causa da coisa de 'cai-cai'. (...) E tem o comportamento fora do campo. Ele está sempre envolvido em polêmicas, né? Você percebe que o Neymar está muito mais preocupado com a vida social dele, com as pessoas com as quais ele se encontra...", opinou Milton Leite.

O profissional ainda vê relação entre as recentes lesões sofridas por Neymar e uma suposta falta de foco do atleta. "Ele sai de Paris para ir a uma festa na Itália com jatinho particular, volta no dia seguinte para treinar. Ou vai na festa de alguém, está sempre envolvido em polêmica, acaba não se concentrando na carreira como deveria se concentrar. Talvez isso explique o tanto de contusões que ele tem tido ao longo dos últimos anos", comentou.

"Eu não acho que seja só por causa da acusação de estupro, mas a imagem do Neymar, e eu percebo isso no contato com os torcedores, está muito arranhada desde a Copa do Mundo. Desde a história de 'cai-cai', porque ele saiu como piada da Copa do Mundo. Desde então, a imagem dele não se recuperou muito. Talvez falte isso na carreira do Neymar: se preocupar um pouco com a imagem que ele passa. As pessoas têm um pé atrás com o Neymar", avaliou Milton.

"Ele é um craque. É melhor que a seleção seja refém do Neymar do que refém do Zé das Couves que não joga nada. A grande questão é essa: a seleção, inclusive, teria de dar uma certa enquadrada no Neymar. 'Queremos você concentrado aqui'. Então não tem família no hotel, não tem escapada para falar com patrocinador, não tem helicóptero... Tem de se concentrar e viver um pouquinho mais aquele ambiente de seleção e pensando na seleção, e não no que está em torno", encerrou.

Veja a entrevista de Milton Leite: