PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tubarão? Revista vê barbatana em bateria com nota 10 de brasileiro

Seria um tubarão perto do brasileiro? - STAB/Reprodução/WSL
Seria um tubarão perto do brasileiro? Imagem: STAB/Reprodução/WSL

Do UOL, em São Paulo (SP)

17/07/2017 22h50

A etapa de Jeffreys Bay, do Circuito Mundial de Surfe (WCT), ficará marcada para sempre como o lugar onde Mick Fanning foi atacado por um tubarão durante a disputa de uma bateria em 2015. E a cena poderia ter se repetido nesta segunda-feira (17). Pelo menos é o que garante a revista australiana Stab, que enxergou uma barbatana na disputa entre Filipe Toledo e Kanoa Igarashi, levantando a possibilidade de ser um dos predadores mais temidos do mundo.

Como a baía sul-africana também é recheada de golfinhos, a Stab, uma das publicações mais prestigiadas do mundo, preferiu não cravar de que era um tubarão, apenas mostrou os fatos e deixou os leitores decidirem por meio de uma votação em seu site.

No vídeo acima, vá até o minuto 17:45 e preste atenção no canto direito superior da tela. Após sete segundos, realmente é possível notar uma barbatana no mar. Mas será mesmo que era um tubarão? Na pesquisa realiza pela Stab, respondida por 1.300 pessoas, 78% acreditavam ser mesmo o predador, enquanto 17% responderão “não” e 5% ficaram no “é sério?!”, como uma forma de ironia.

O momento aconteceu cerca de um minuto e meio depois de Filipe Toledo pegar a melhor onda do dia, responsável pela primeira nota 10 da etapa de J-Bay (assista abaixo). Inclusive, é possível ver a barbatana passeando pelo mar apenas alguns metros de distância do brasileiro, que não percebeu nada de diferente – aliás, ninguém percebeu, nem mesmo os comentaristas da cabine de transmissão.

 

Esporte