PUBLICIDADE
Topo

Amaral não verá Brasil contra a Costa do Marfim: '5h30 meu olho não está aberto'

Do UOL, em São Paulo

24/07/2021 14h20

Medalhista de bronze com a seleção brasileira masculina nos Jogos Olímpicos de Atlanta-1996, o ex-volante Amaral não está disposto a acordar cedo para ver o time de André Jardine em campo, mas aposta em vitória sobre a Costa do Marfim e a classificação antecipada para as quartas de final, em grupo que ainda tem a Arábia Saudita e a Alemanha, derrota pelos brasileiros na estreia na Olimpíada de Tóquio.

Em sua participação no programa UOL News Olimpíadas, Amaral brinca sobre assistir ao jogo da seleção brasileira, mas reforça seu otimismo na sequência do time brasileiro no Japão.

"5h30 meu olho não está nem aberto, se está fechado agora, imagine 5h30", brinca o ex-jogador.

"Eu acho que o Brasil tem que tomar muito cuidado, porque o Brasil conseguiu um bom resultado com a Alemanha, um placar que ninguém pensava que iria estender, vai jogar com uma seleção agora de porte pequeno, mas no futebol tudo pode acontecer, mas eu acredito que o Brasil ganhe esse jogo e classifique", conclui.