PUBLICIDADE
Topo

Brasil tem atletas eliminados em cinco provas do atletismo nas Olimpíadas

Tiffani Marinho, após classificatória dos 400m rasos feminino  - REUTERS/Lucy Nicholson
Tiffani Marinho, após classificatória dos 400m rasos feminino Imagem: REUTERS/Lucy Nicholson

Demétrio Vecchioli

Do UOL, em Tóquio

03/08/2021 04h17

O atletismo brasileiro teve altos e baixos nas disputas realizadas da noite de segunda-feira para a madrugada de terça-feira, do Brasil. Além do bronze conquistado por Alison 'Piu' nos 400m com barreiras, dez atletas brasileiros não passaram em suas qualificatórias e foram eliminados nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

No começo do dia, foram três atletas eliminados no salto triplo masculino. Almir Cunha saltou para 15,65m e terminou em 13° em sua bateria, enquanto Mateus Sá fez um salto de 16,49m e ficou em 10º no seu grupo. O outro brasileiro na categoria, Alexsandro Melo, se lesionou no meio da disputa e também não avançou.

Nos 1.500m, Thiago André terminou na 13ª colocação em sua bateria com tempo de 3min47s71, o que não foi o suficiente para faze-lo avançar à final. Quem também não passou da semfinal foi Tiffani Marinho, que competiu nos 400m feminino. Tiffani chegou a liderar parte da prova e quase se classificou, mas perdeu força no final e ficou em quinto com 52s11.

No lançamento de dardo, Laila Ferrer e Jucielen de Lima não avançaram em suas baterias eliminatórias. Primeira a tentar, Jucielen teve 60,14m como sua melhor marca. O mesmo aconteceu com Laila, que teve como melhor marca 59,47m.

Mais tarde, o trio Aldemir Gomes, Jorge Vides e Lucas Vilar tentou avançar à semifinal do 200m, mas nenhum deles conseguiu tempo nem posição para continuar na competição. Aldemir ficou em sexto em sua bateria com o tempo de 20s84, mesma colocação de Lucas, que fez 21s31 na sua. Jorge Vides conseguiu o quarto lugar em sua bateria, mas só os três melhores se classificaram. Depois da prova, o brasileiro não escondeu sua decepção:

200m - WAGNER CARMO/CBAt - WAGNER CARMO/CBAt
Jorge Vides parou nas eliminatórias dos 200m nas Olimpíadas de Tóquio-2020
Imagem: WAGNER CARMO/CBAt

"Fico muito chateado comigo mesmo, venho treinando duro nas pistas para fazer o meu melhor. Infelizmente não consegui fazer meu melhor, passar pro semifinal, agora é bola para frente", disse em entrevista ao SporTV.