PUBLICIDADE
Topo

Nos 100m borboleta, Dressel bate 1º recorde mundial masculino em Tóquio

Caeleb Dressel, nadador dos Estados Unidos - Adam Davy/PA Images via Getty Images
Caeleb Dressel, nadador dos Estados Unidos Imagem: Adam Davy/PA Images via Getty Images

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

30/07/2021 22h43

O nadador norte-americano Caeleb Dressel bateu o recorde mundial nos 100m borboleta ao encerrar a prova em 49s45 nas Olimpíadas de Tóquio. A marca anterior era dele, com 49s50. O norte-americano foi muito celebrado pelas delegações presentes no Centro Aquático de Tóquio, o clima é de arena lotada. É o primeiro recorde mundial individual entre os homens na natação.

A medalha de prata foi para o húngaro Kristof Milak (49s68) e o bronze ficou com o suíço Noe Ponti (50s74). É a terceira medalha de ouro conquistada por Dressel nestes Jogos. Ele já subiu no lugar mais alto do pódio nas provas de 100m livre e no revezamento 4x100m livre.

Além disso, Dressel se tornou o segundo homem a ganhar os 100m borboleta e os 100m livre na mesma edição dos Jogos Olímpicos. O norte-americano Mark Spitz foi o primeiro a realizar a façanha, em Munique-1972.

Dressel, que também foi campeão olímpico na Rio-2016 com duas medalhas de ouro, já quebrou o recorde olímpico na atual edição dos Jogos. Ontem (29), ele terminou a prova dos 100m livre em primeiro lugar e com o melhor tempo da competição, 47s02, batendo o recorde olímpico do australiano Eamon Sullivan (47s05), estabelecido em Pequim-2008.

Dressel ainda tem outras chances de conquistar medalhas e superar marcas históricas. O recorde mundial que o norte-americano tanto deseja bater é o dos 50m livre (20s91), que pertence ao brasileiro Cesar Cielo.