PUBLICIDADE
Topo

Triatlo feminino: bermudense fatura ouro; brasileiras ficam em 28ª e 32ª

Flora Duffy, de Bermudas, e Katie Zaferes, dos EUA, na etapa de corrida do triatlo nas Olimpíadas de Tóquio - HANNAH MCKAY/REUTERS
Flora Duffy, de Bermudas, e Katie Zaferes, dos EUA, na etapa de corrida do triatlo nas Olimpíadas de Tóquio Imagem: HANNAH MCKAY/REUTERS

Do UOL

em São Paulo

26/07/2021 20h52

Não deu para o Brasil no triatlo feminino. Flora Duffy, das Bermudas, faturou o ouro, com o tempo de 1h55min36. Foi a primeira medalha de ouro do arquipélago na história das Olimpíadas. Georgia Taylor-Brown, da Grã-Bretanha, com 1h56min50, e Katie Zaferes, dos Estados Unidos, com 1h57min03, completaram o pódio.

A brasileira Vittoria Lopes, que começou muito bem a prova, não conseguiu se manter nas primeiras posições e ficou na 28ª colocação, 7min33 atrás da campeã, enquanto a compatriota Luisa Batista terminou em 32ª.

Realizada na Marina Parque de Odaibo, a prova de triatlo começou 15 minutos atrasada por causa dos fortes ventos e da chuva, que aumentam o risco de acidentes, principalmente, durante o ciclismo. Nas provas de triatlo, as atletas têm de completar 1.500m de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida.

Vittoria Lopes, de 25 anos, iniciou muito bem na competição e virou a primeira perna da natação na segunda posição, dois segundos atrás da britânica Jessica Learmonth. Luisa Baptista passou nessa etapa na 35ª posição.

A atleta se manteve muito bem na água, terminando na segunda posição. Na virada para o ciclismo, ela continuou no pelotão de frente durante os primeiros 5 km, apenas um segundo atrás da líder, a britânica Georgia Taylor-Brown. Luisa Batista, que chegou a estar na 39ª posição, se recuperou e ganhou 11 posições.

Durante quase toda a prova de ciclismo, Vittoria ficou em 6ª, atrás 1min15 da líder, que naquele momento era Flora Duffy, de Bermudas. Enquanto Luisa Baptista perdeu uma posição.

O primeiro pelotão era composto por Katie Zaferes, dos Estados Unidos, pelas britânicas Jessica Learmonth e Georgia Taylor-Brown, além de Flora Duffy. A líder naquele momento era Zaferes, que fez a transição para a corrida, com 1h22m36s. Vittoria não conseguiu se manter na frente e caiu para 17ª.

Logo após a transição, Duffy se desgarrou das demais competidoras e chegou a abrir 17 segundos de vantagem em relação à segunda colocada, Katie Zaferes, ao fim do primeiro quilômetro de prova. Vittoria se manteve na 17ª posição.

A bermudense começou a última volta com o tempo de 1h46min45, mais de um minuto à frente da segunda colocada, que naquele momento já era Taylor-Brown. Vittoria perdeu posições na corrida, completando a prova mais de sete minutos atrás da campeã.