PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mirando uma vaga na Libertadores, Fluminense conta com semana livre na reta final do Brasileiro

01/12/2021 06h00


Prestes a encerrar o ano, o Fluminense conta com um período de descanso e treinamento atípico para o elenco. Em sua segunda temporada com mais jogos, o Tricolor recebeu sete dias sem confrontos, episódio que só aconteceu duas vezes nesta temporada. Com desfalques importantes, o time pode focar na recuperação física do elenco para disputar com força máxima a vaga na Libertadores de 2022.

Durante toda a campanha, o Flu teve mais de cinco dias sem jogar duas vezes, em decorrência do adiamento dos jogos contra o Cerro Porteño, pelas oitavas de final da Libertadores, e Santos, pela 23ª rodada do Brasileiro. Os hiatos renderam dez dias de preparação para os duelos contra o Palmeiras e Fortaleza, respectivamente.

A 180 minutos da definição para a próxima temporada, o Tricolor pode investir na recuperação de alguns jogadores titulares que se encontram no departamento médico. Martinelli e Nino sofreram lesões musculares na coxa esquerda, enquanto John Kennedy sentiu um desconforto. Os três estão há duas rodadas sem entrar em campo.

> Confira a classificação da Série A do Brasileiro

Embora o período não seja tão longo quanto nas ocasiões anteriores, o Fluminense não precisará compensar o calendário, visto que o hiato se deve ao fim da competição. Assim, Marcão tem os ingredientes para priorizar a recuperação física do elenco, e iniciar a preparação mental para as duas rodadas que podem garantir o principal objetivo do clube.

Futebol