PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Esquecido no Corinthians? Sylvinho explica 'sumiço' de Luan no time titular

02/08/2021 11h22


Titular nas seis primeiras partidas do Corinthians sob o comando do técnico Sylvinho, o atacante Luan passou a ser preterido e perdeu espaço na equipe. Contra Cuiabá e Flamengo, últimos dois compromissos corintianos, o atleta iniciou e terminou a partida no banco de reservas.

A sequência do camisa 7 pelo Timão com o atual treinador foi interrompida por conta de uma tendinite no adutor da coxa direita sofrida na metade do mês de junho, que o tirou de três duelos, contra Bahia, Sport e Fluminense. Neste período, Jô entrou no comando de ataque e correspondeu, marcando dois gols e não perdendo mais a titularidade desde o então.

- O Luan jogou suas partidas, o Jô estava fora, houve uma troca, momento de lesão, o Jô voltou a jogar, tem dado a retenção, tem oxigenado o time ali. O Luan também tem uma função, não é de profundidade, é pisar na área, assim como o Jô no campo, mais atrasado entre linhas de flutuação com a posse de bola. Essas são as duas alternativas que nós tínhamos. Como na função do Jô nós não iríamos mexer, o lado de campo são as profundidades que nós temos - explicou Sylvinho em entrevista coletiva concedida após a derrota por 3 a 1 para o Flamengo, sofrida no último domingo (1º), na Neo Química Arena, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Como Luan nunca foi centroavante, a sua função como último homem do ataque era como um "falso nove", diferentemente de Jô, que é da origem da posição.

>> Baixe o app de resultados do LANCE!

>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Luan treinando bem


Ainda que Jô venha em uma crescente, Sylvinho garante que Luan está à disposição, tem treinado bem e se esforçado para reconquistar a titularidade.

- Luan tem treinado muito bem, não tem nada a reclamar dele, tem treinado, se esforçado e se dedicado, e no momento que proporcionar para o Luan voltar a jogar, as ocasiões ocorrerem, é um atleta que está à disposição para jogar, pode voltar a qualquer momento, nada contra ou contrário, é um atleta que tem se esforçado, treinado, se dedicado. É uma questão da montagem do time - afirmou o comandante corintiano.

Desde o retorno da lesão, Luan foi relacionado para os sete jogos que o Corinthians realizou, mas entrou apenas em três, totalizando apenas 39 minutos. Em quatro ocasiões, o jogador não saiu do banco de reservas.

Futebol