PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Lisca desconversa sobre reforços no Vasco, mas avisa: 'Nunca podemos dizer que o grupo está fechado'

23/07/2021 13h43


É natural que, sempre que um treinador é contratado por um clube, ele indique contratações para melhorar o elenco que comandará. No caso de Lisca, apresentado nesta sexta-feira no Vasco, ele preferiu não indicar as lacunas que observa no elenco, mas indicou que, sim, novos jogadores poderão chegar.

- O Vasco é um clube gigante. Nunca podemos dizer que o grupo está fechado. Acredito muito na mescla de juventude e experiência. Peço licença para lembrar de alguns. Romário, Edmundo, Pedrinho foram revelados aqui. A lista é grande. Acredito demais na nova maneira de jogar. Com calma, gradualmente. Vamos analisar e vamos ver. Mas não é a nossa prioridade de momento - minimizou, acrescentando na sequência:

- Nossa prioridade é melhorar a performance deles (jogadores). Nossa missão é melhorar e estabilizar a performance deles. Entender como eles se sentem melhor. Casar as peças e fazer com que a equipe seja coletivamente muito forte. Mas, hoje, o jogador fica, em média, 54 segundos com a bola. Percorre, com a bola, 1,5% da distância por jogo. Entendimento coletivo é o que vamos trabalhar. E também com os jogadores que não estão tendo o desempenho ideal no momento - garantiu Lisca.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Lisca assinou com o Vasco na última terça-feira. Houve tempo e, nesta sexta, o nome dele (Luiz Carlos Cirne Lima de Lorenzi) apareceu no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF. Desta forma, ele poderá estar à beira do campo no jogo contra o Guarani, neste sábado.

Ele comanda o primeiro treino no Vasco na tarde desta sexta-feira, no CT do Almirante.

Futebol