PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Casemiro volta a falar sobre a Copa América no Brasil: 'Não estamos contentes com o torneio aqui'

13/06/2021 12h17


As polêmicas envolvendo jogadores e comissão técnica com a Copa América no Brasil seguem em pauta na Seleção Brasileira. Em coletiva de imprensa neste domingo, antes da partida contra a Venezuela, o volante Casemiro reforçou a insatisfação do grupo com a realização do torneio por aqui.

"A gente já se manifestou internamente, nas redes sociais, porém todo mundo já sabe que nosso pedido foi não sediar a Copa no Brasil. Cada um tinha seu motivo, cada um tinha a sua forma de pensar. Mas em momento algum a gente falou que vai deixar de honrar essa camisa. Mas não estávamos contentes com a Copa América aqui", disse, antes de completar:

"Não estávamos felizes com a Copa América no Brasil. Somos os atuais campeões. A forma que ela foi apresentada... Uma Copa América tão bonita, uma competição centenária não pode ser organizada em dez dias. Da forma como foi feita, não foi da melhor maneira, da melhor organização possível. Mas respeitamos e estamos aqui para vencer", emendou.

Nas últimas semanas, se tornou público o clima de atrito entre a delegação e a alta cúpula da CBF por conta da mudança da Copa América no Brasil. O volante já havia concedido entrevista à 'Globo', após partida contra o Equador, onde mostrou insatisfação. Na última terça, os atletas publicaram comunicado nas redes sociais, explicando toda a situação. Casemiro lamentou os recentes casos de covid-19 na Venezuela.

"Queria agradecer aos doutores que temos e todo o estafe porque não tivemos nenhum caso. Eles são bem chatos e é a verdade: o covid não foi embora. Ele está aí. É delicado. Mas a gente fica chateado pelo espetáculo, uma das coisas que nós tocamos. Em 10 dias fazer uma Copa América assim. Estamos chateados que a Venezuela não esteja com a força máxima. Vamos honrar o jogo", encerrou.

Futebol