PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Roger Machado exalta elenco do Fluminense e constata após final do Carioca: 'Melhoramos com as trocas'

15/05/2021 23h54


O técnico Roger Machado avaliou o desempenho do Fluminense no empate em 1 a 1 com o Flamengo, na noite deste sábado, pelo jogo de ida da final do Campeonato Carioca. Em entrevista coletiva ao fim do confronto no Maracanã, o comandante tricolor reconheceu que a escalação inicial não rendeu como era esperado.

- A escalação inical com o Biel (Gabriel Teixeira) era para conseguir o campo que depois nós tivemos no segundo tempo. Que bom que a gente tem um banco à altura. No segundo tempo, controlamos mais a bola e conseguimos marcar o gol - disse.


Em seguida, Roger falou sobre o contraste dos dois tempos do Fluminense.

- Foram dois tempos distintos. Um do Flamengo, que chegou ao seu gol e um nosso. Talvez a bola principal tenha ficado nos nossos pés - disse, referindo-se à finalização desperdiçada por Luiz Henrique quando o jogo estava 1 a 1 e, em seguida, detalhou:

- Rogério (Ceni) e eu fazemos as estratégias e pensamos nas dificuldades que íamos enfrentar. As coisas não saíram como a gente imaginava, mas com as trocas, fomos melhores - completou.

O comandante contou qual foi seu intuito de lançar a força máxima e com Gabriel Teixeira como titular.

- Entendemos que a recuperação foi bem feita, todos estavam aptos. É o preço que se paga pelo calendário. A escolha pelo Biel era para a gente tentar pelas costas da marcação, de tentar ir à frente da linha da bola - declarou.

Em relação a eventuais mudanças para o confronto com o Junior Barranquilla, na próxima terça-feira, pela Copa Libertadores, o técnico fez mistério.

- Tudo é possível. A gente alterna e vai pegando o melhor momento de cada jogador - frisou.


Futebol