PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras: F. Melo elogiou garotos e dedicou vitória contra o Grêmio a Luan

Felipe Melo discursou em homenagem a Luan e elogiou garotos da base após 1ª final - Cesar Greco
Felipe Melo discursou em homenagem a Luan e elogiou garotos da base após 1ª final Imagem: Cesar Greco

02/03/2021 17h27

O Palmeiras se aproximou do tetracampeonato da Copa do Brasil ao vencer o Grêmio em Porto Alegre, em jogo válido pela ida da final, no último domingo (28), por 1 a 0. Na tarde de hoje (2), o Verdão divulgou, em seu canal do YouTube, um vídeo dos bastidores da preparação para o duelo.

O material mostra a chegada dos atletas à Arena Grêmio e o que ocorreu no vestiário do time paulista, como trabalhos de aquecimento e a preleção do treinador Abel Ferreira.

"O Edu [Dracena] estava a me perguntar agora mesmo: 'você ainda tem vontade de jogar?', e eu disse: 'de que adianta?'. O meu tempo já passou, não tenho mais essa oportunidade. Aproveitem esta oportunidade e lembrem-se: o primeiro adversário está dentro de nós. Com confiança, coragem e o vosso talento, podemos competir com nosso adversário. Sejam a vossa melhor versão, joguem como equipe. Foco na tarefa. Avanti, Palestra!", afirmou o português antes da partida.

Após o confronto, alguns atletas celebraram, com pé no chão, o resultado positivo e a boa atuação da equipe. O capitão do Alviverde, Felipe Melo, foi um deles.

"Hoje, fomos a defesa que ninguém passa, mas não só o meio-campo defensivo e a zaga: todos. Os meninos [da base] que entraram no segundo tempo deram conta do recado, fizeram a função deles. A gente agradece a Deus, que capacitou cada um de nós. A gente está com fome de fazer história. Se Deus quiser, com esse título, vamos entrar de vez na história. Essa vitória vai para todos os palmeirenses, para a nossa família e, sobretudo, para o nosso companheiro Luan, que está no dia a dia e, infelizmente, teve esse acidente, no qual ele foi expulso", comentou.

O capitão palmeirense se referiu ao lance da expulsão do camisa 13, que acertou uma cotovelada em Diego Souza e recebeu o vermelho.

Com a vitória, o Verdão precisa apenas de um empate para conquistar a Copa do Brasil pela quarta vez na história. O jogo decisivo será no próximo domingo (7), às 18h (horário de Brasília), no Allianz Parque.

Palmeiras