PUBLICIDADE
Topo

Futebol

A voz de 'Dios': Maradona canta com dupla de sucesso na Argentina

26/11/2020 11h17

Os intensos 60 anos que Maradona viveu foram marcados por gols, dribles, títulos, frases de efeito, polêmicas, idas e vindas. E, entre elas, um registro do camisa 10 como cantor. Em 1986, o eterno camisa 10 soltou a voz ao lado de Pimpinela, dupla formada pelos irmãos Lucía Galán e Joaquin Galán.

O encontro musical aconteceu no ano no qual o craque se sagrou campeão da Copa do Mundo com a seleção da Argentina. O astro foi chamado para cantar um tema para o Dia das Mães com Pimpinela, que já havia despontado com a canção "Olvídame y pega la vuelta" e viria a contabilizar em sua trajetória sucessos como "Ahora Decide" e "Es Mentira".

E assim o trio se preparou para cantar "Querida Amiga". Em entrevista à Rádio ADN, do Chile, Joaquín Galán revelou detalhes sobre os bastidores.

- A proposta de gravar a canção foi dele. Compusemos a canção com Lucía e presenteamos com uma fita cassete, que era o costume da época, para dona Tota (Dalma Salvadora Franco), sua mãe. A canção o encantou, emocionou e ele disse: "Bom, façamos para todas as mães" - declarou.

Segundo Joaquín, a gravação ocorreu após a conquista do Mundial.

- Foi feito o projeto assim. Depois que ele estava mais libre do Mundial, estávamos na Espanha e ele em Nápoles. Em um fim de semana, fomos a Milão e gravamos a canção - disse.

O valor obtido com o registro fonográfico foi destinado para uma campanha da Unicef, da qual ele era embaixador, e rendeu um videoclipe.

A proximidade com a dupla já era longa e, inclusive, rendeu outra situação curiosa: Maradona e Lucía Galán tiveram um romance durante nove meses. Na época, o astro estava no Barcelona.

No Instagram, a dupla divulgou uma foto do encontro musical e deixou sua mensagem de saudade ao meia.

Futebol