PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ao L!, Marinho diz que nunca imaginou ser ídolo do Santos e reverencia Pelé: 'Prateleira acima'

23/10/2020 07h00

Quando Marinho chegou ao Santos, em maio de 2019, ele não imaginava que rapidamente se tornaria a principal referência técnica do clube, ainda mais durante os festejos do aniversário de 80 anos do maior ídolo da história do clube, o Rei Pelé, completados nesta sexta-feira (23).

Ao LANCE!, o artilheiro santista na temporada, com 15 gols, externou a sua reverência ao Atleta do Século, e revelou que nunca teve a pretensão de ser considerado ídolo do Peixe.

- Pelé significa muito para o mundo inteiro. Ele revolucionou o esporte e é o maior ídolo da história de um clube gigante como o Santos e da torcida brasileira. É um ídolo mundial. Somos privilegiados por ele ser brasileiro - disse o atacante com exclusividade ao L!.

- Nunca passou pela minha cabeça essa história de ser ídolo. Olha quantos ídolos tem o Santos. Seria muita soberba da minha parte achar isso, mas luto pelo torcedor e pelo clube. Só de ter o carinho da torcida significa muito para mim - acrescentou.

Para Marinho, não haverá jogador como Pelé. Ele mencionou atletas que considera geniais, mas Edson Arantes do Nascimento, para o atacante santista, está posicionado acima, sendo idealizado na majestade atribuída a alcunha de Rei que o ídolo possui.

- Definiria Pelé em uma palavra já muito ligada a ele: Rei. Podemos ter gênios dentro de campo, com números fantásticos como Cristiano Ronaldo, Messi, anteriormente com Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Zidane, Rivaldo, Kaká, Romario, Maradona, mas nada comparado ao Rei. Ele está em uma prateleira acima - falou Marinho.

Marinho se recupera de problemas físicos e é dúvida para o confronto deste domingo (25), às 16h, contra o Fluminense, pela 18ª rodada do Brasileirão, no estádio do Maracanã. Caso o atleta atue contra o Tricolor Carioca, completará 50 jogos com a camisa santista em plena rodada de comemoração ao 80º aniversário do Rei do Futebol. No total, o camisa 11 tem 49 jogos disputados e 23 gols marcados.

Futebol