PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em fase artilheira, Keno já é um dos maiores finalizadores do Brasileirão

29/09/2020 12h04

Keno é o exemplo perfeito de como o futebol pode mudar da noite para o dia. Há duas semanas, o atacante acumulava apenas um gol marcado em 14 jogos disputados pelo Atlético Mineiro em 2020. Bastaram mais duas partidas para esse número subir para sete bolas na rede, elevando a sua média para quase um tento a cada duas atuações.

Foram dois hat-tricks - termo inglês utilizado quando o jogador marca três vezes num mesmo confronto - consecutivos, sobre Atlético Goianiense e Grêmio, um feito raro no Campeonato Brasileiro. A alta participação ofensiva, principalmente na hora de concluir as jogadas, levou Keno a figurar entre os maiores finalizadores da competição neste momento.

Apesar de ser um atacante de lado de campo, o camisa 11 já arriscou 24 vezes contra o gol adversário, segundo dados do Sofascore, a 3ª maior marca em volume no Brasileirão. Apenas Gabigol, do Flamengo, com 29, e Marinho, do Santos, com 28, tentaram mais vezes. Sua taxa de aproveitamento, 25%, no entanto, supera a do rubro-negro (17,2%) e iguala com o santista (25%).

MAIORES FINALIZADORES DO BRASILEIRÃO 2020

- Dados do Sofascore

1º - Gabigol - Flamengo - 29 finalizações (17,2% de conversão em gol)

2º - Marinho - Santos - 28 finalizações (25% de conversão em gol)

3º - Keno - Atlético-MG - 24 finalizações (25% de conversão em gol)

Alisson - Grêmio - 24 finalizações (4,1% de conversão em gol)

5º - Alerrandro - Red Bull Bragantino - 20 finalizações (25% de conversão em gol)

Cléber - Ceará - 20 finalizações em gol (15% de conversão em gol)

Robson - Coritiba - 20 finalizações (15% de conversão em gol)

Pablo - São Paulo - 20 finalizações (5% de conversão em gol)

Futebol