PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Peres nega negociação com Robinho no Santos e cita dívida de R$ 1 milhão

28/02/2020 21h30

Mesmo após afirmar durante conselho na sede da CBF, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira, que estava trazendo Robinho, o presidente do Santos, José Carlos Peres, em entrevista a ESPN Brasil, negou que exista negociação pelo atleta. O mandatário santista ainda afirmou que a pendência atual do Peixe com o jogador é de R$ 1 milhão

- Ele ainda tem contrato e a gente respeita. Temos uma pendência de cerca de 1 milhão de reais, nada que impeça - disse.

Conforme o LANCE! antecipou, há o interesse que da diretoria em utilizar uma possível renegociação para repatriar o atleta. No entanto, Peres negou que haja qualquer tipo de negociação aberta, mas falou em aproximação com a empresária de Robinho, Marisa Alija.

- Não temos negociação, ninguém está negociando ainda. É uma aproximação com a empresária. Na Turquia, o fair play financeiro está forte, foram impostos limites. Isso vai refletir no bicho, salários, e proporciona a possibilidade. - afirmou

O mandatário santista ainda admitiu que esteve para trazer o atacante no início da sua gestão, em janeiro de 2018, mas condenação por abuso sexual pesou na decisão em não trazê-lo. Contudo, o presidente santista falou sobre a defesa do jogador e deixou as portas do clube abertas ao "Rei das Pedaladas".

- Essa condenação ele está se defendendo. Era pra trazer ele no começo da gestão, mas cheguei a conclusão que ele precisava se defender antes. É um Menino da Vila, torcida gosta e tem identidade forte. A porta está aberta - comentou.

Robinho é condenado pela justiça italiana a nove anos de prisão acusado de ter estuprado uma jovem albanesa junto com outros cinco homens em 2013. A condenação foi expedida em 2017.

Futebol