PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Chile aproveita vantagem numérica e goleia o Equador na estreia do Pré-Olímpico

18/01/2020 22h01

Na abertura do Pré-Olímpico, torneio que dará duas vagas no futebol para as Olimpíadas de Tóquio, Equador e Chile entraram em campo neste sábado (18), pela primeira rodada do Grupo A, no estádio Hernán Ramírez Villegas.

Com o resultado de 3 a 0, os chilenos largaram na frente no Grupo A, somando agora 3 pontos, assumindo a liderança provisória, enquanto os equatorianos ficam na lanterna, sem nenhum. O complemento da rodada será com a partida entre Colômbia e Argentina, neste sábado (18).

Com um início mais equilibrado, nenhuma equipe antes dos 10 minutos conseguiu oferecer perigo aos goleiros. Sendo assim, apenas na sequência é que os jogadores foram se soltando em campo, com a primeira finalização por parte do Chile, com Aránguiz, apenas ao 19 minutos.

Sofrendo algumas investidas chilenas, o confronto ficou ainda mais difícil para os equatorianos. Aos 29, Jordy Alcívar recebeu o segundo cartão amarelo, causando sua expulsão.

Na reta final de primeiro tempo, o Chile passou a pressionar mais aproveitando a questão numérica em campo. Com isso, o meia Suazo, além do atacante Guerra, testaram o goleiro Ramírez que mantinha-se atento em campo, evitando o gol adversário.

Com o retorno das seleções para o segundo tempo, os chilenos mostraram que não estavam dispostos a levar o empate na estreia. Com isso, partiu pra cima do rival na esperança de abrir o marcador, mas não conseguia furar a defesa.

Porém a insistência surtiu efeito. Antes dos 15 minutos, a equipe treinada por Bernardo Redín conseguiu seu tento, marcado pelo zagueiro equatoriano Jackson Porozo, contra, para lamentação do jogador.

E as coisas ficaram ainda melhores para os chilenos. Já na reta final de jogo, aos 31 minutos ampliou o marcador para 2 a 0, deixando o time mais tranquilo em campo.

Já nos últimos minutos de confronto, o Chile ainda chegou ao terceiro gol, nos acréscimos, aos 49, com Iván Morales. Sendo assim, apenas administrou o resultado construído, dando o primeiro passo para almejar uma vaga nas Olimpíadas de Tóquio, que terá seu início em julho.

Futebol