PUBLICIDADE
Topo

Mesmo em ano 'magro', Luan foi eficiente quando esteve em campo

14/12/2019 11h46

Campeão da Libertadores, da Recopa, da Copa do Brasil, bicampeão gaúcho, eleito o Rei da América em 2017... Foram seis anos de muitas conquistas de Luan pelo Grêmio. Uma história que está perto de ser encerrada com a ida do atacante para o Corinthians, que deve ser confirmada ainda neste fim de semana. Pelo Tricolor Gaúcho, foram 289 jogos e 76 gols.

Em 2019, porém, o meia-atacante talvez tenha vivido o seu ano mais discreto. Luan foi titular apenas 25 vezes, disputando um total de 36 jogos. Foi a temporada com o menor número de atuações desde que estreou pelo clube. Uma redução muito em razão de uma fascite plantar que o acompanha desde o início da carreira e que o tirou de algumas partidas.

Apesar do ano 'magro', de poucos jogos, Luan terminou com 9 gols e 10 assistências em 2228 minutos em campo. Uma média de uma participação direta a cada 118 minutos. No Brasileiro, onde atuou 20 vezes - 15 como titular -, deu seis passes para gol em 1286 minutos. Foi a segunda melhor média de assistências - uma a cada 214 minutos - entre os que deram ao menos cinco no campeonato. Somente Arrascaeta, do Flamengo, com 14 em 1812 - 1/129 min - teve um rendimento superior.

Números que confirmam a qualidade de Luan - demonstrada desde que surgiu no Grêmio, em 2014 -, mesmo quando não vive o seu melhor momento.

LUAN PELO GRÊMIO

2014 - 51 jogos e 9 gols

2015 - 56 jogos e 17 gols

2016 - 54 jogos e 12 gols

2017 - 52 jogos e 18 gols

2018 - 40 jogos e 11 gols

2019 - 36 jogos e 9 gols

Futebol