PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Benevenuto afirma que vive melhor ano da carreira: 'Não me considero mais reserva'

06/12/2019 10h49

Marcelo Benevenuto é uma espécie de 12º jogador do Botafogo. O zagueiro é opção recorrente e Gabriel e Carli, a dupla de zaga mais recorrente no ano, e, por isto, afirmou, em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira, no Estádio Nilton Santos, que não se considera uma alternativa e, aos 23 anos, vive sua melhor temporada como profissional.

- Não me considero mais reserva não, estou há muito tempo na luta pra conseguir a titularidade e estou feliz pela temporada que estou fazendo. Foi o ano que mais joguei, o ano que mais fiz gols, três ao todo. Estou feliz por tudo que fiz esse ano. Creio que sim (foi a melhor temporada), esse foi o ano que mais joguei e fico feliz por isso - analisou.

Benevenuto lamentou o segundo turno instável do Botafogo no Brasileirão. Para ele, o erro da equipe foi não ter colocado uma sequência de resultados positivos na competição.

- Tivemos muitos erros esse ano. Ou a gente ganhou ou a gente perdeu. Começamos até bem, chegamos a sonhar com uma vaga na Libertadores. Nosso erro foi que infelizmente perdemos muito, oscilamos bastante - afirmou.

Livre da zona de rebaixamento, o novo objetivo do Botafogo é conquistar uma classificação à Copa Sul-Americana. Para isto, o Alvinegro terá que pontuar mais que o Fluminense na última rodada. Marcelo Benevenuto afirmou que o clube, pelo tamanho que possui, não pode ficar fora do torneio.

- Fica até sem graça o Botafogo ficar sem jogar uma competição internacional no ano que vem com a grandeza do clube. Vamos fazer de tudo para jogar (a Sul-Americana). Sei que não dependemos só da gente, mas vamos fazer de tudo para conseguir - colocou.

Futebol