Topo

Futebol


Caçando líder, Verdão volta a local de vitórias marcantes em últimos títulos

20/10/2019 07h00

Na busca por mais um título brasileiro, o Palmeiras tem neste domingo, às 19h, a chance de alcançar um resultado que foi marcante nas suas duas últimas campanhas em que terminou campeão no primeiro torneio no Brasil. O time de Mano Menezes, que iniciou esta 27ª rodada a oito pontos do Flamengo, líder da competição, enfrenta o Athletico-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Em 2016 e 2018, somar três pontos em um dos estádios considerados mais complicados no país foi uma prova de força que culminou na conquista do Campeonato Brasileiro. Mesmo na grama sintética do estádio do hoje campeão da Copa do Brasil, o Verdão dominou e venceu, marcando suas arrancadas.

TABELA

> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

Há mais de três anos, mais precisamente em 14 de agosto de 2016, o triunfo por 1 a 0 foi histórico. O Palmeiras só tinha ganhado no estádio do Rubro-Negro de Curitiba apenas uma vez, no Brasileiro de 2008. Aqueles três pontos, garantidos com gol de Vitor Hugo, aos 43 minutos do primeiro tempo, encerraram um jejum de oito anos e iniciaram um segundo turno memorável - era a primeira rodada da metade final do torneio.

Os comandados de Cuca terminaram o segundo turno com 44 pontos em 57 possíveis. Até aquele momento, foi o melhor turno da história do Brasileiro por pontos corridos com 20 clubes - acabou superado pelos 47 pontos do Corinthians no primeiro turno de 2017 e do Palmeiras no segundo turno de 2018, ambos também campeões.

A consequência imediata da vitória na Arena da Baixada também foi amplamente positiva. Graças à cabeçada certeira de Vitor Hugo, que está de volta ao clube, o Athletico-PR sofreu sua primeira derrota como mandante no torneio e o Palmeiras conseguiu abrir três pontos de distância para o Santos, segundo colocado - terminou o Brasileiro nove pontos na frente.

No ano passado, a vitória ocorreu ainda no primeiro turno, em 6 de maio. Mais uma vez, o Verdão encerrou a invencibilidade do Furacão dentro de casa, e ficou marcada uma atuação mais consistente do que a de dois anos antes. O Palmeiras ganhou por 3 a 1, com gols de Bruno Henrique, aos 43 do primeiro tempo, e Marcos Rocha e Willian, aos 14 e 39 minutos do segundo tempo, respectivamente - Pablo, hoje no São Paulo, descontou aos 44 da etapa final.

O triunfo não serviu para colocar o time na liderança, já que a equipe somava seu oitavo ponto, assumindo a vice-liderança, dois atrás do Flamengo. Mas a equipe, ainda sob o comando de Roger Machado, vivia um momento de afirmação com vitórias como visitante, que acabou marcando a campanha que encerrou com o título, com Luiz Felipe Scolari como técnico.

Dos titulares na vitória em 2018, Mano Menezes deve escalar apenas Marcos Rocha, Diogo Barbosa, Felipe Melo, Bruno Henrique, Dudu e Willian - Jailson não foi relacionado, Antônio Carlos e Edu Dracena viraram reservas, e Moisés e Keno deixaram o clube. Dos que iniciaram o jogo de 2016, só Jean, Vitor Hugo e Dudu mantidos - Jailson não viajou, Thiago Santos fica no banco e Thiago Martins, Egídio, Tchê Tchê, Moisés, Róger Guedes e Erik saíram do Verdão.

Futebol