Topo

Futebol


Nos pênaltis, Náutico bate Paysandu e garante acesso à Série B

08/09/2019 20h37

Nos Aflitos, Náutico e Paysandu empataram em 2 a 2 no tempo normal. nos pênaltis, o Timbu venceu por 5 a 3 e ficou com a vaga para a Série B de 2020.

Na semifinal da Série C, o Náutico espera o vencedor de Juventude e Imperatriz que se enfrentam nesta segunda-feira.

O jogo

Mesmo jogando fora de seus domínios, o Paysandu foi para cima do Náutico e por pouco não abriu o placar no início da partida. Tomas Bastos lançou, Josa tentou tirar e quase marcou contra.

O domínio do Papão era total. O Timbu mostrava dificuldade em criar jogadas e só mesmo um lance de sorte para ajudar os pernambucanos. E olha que quase aconteceu!

Mota, goleiro do Paysandu, recebeu bola recuada e errou o passe. Jean Carlos dominou, driblou o goleiro e chutou, mas o zagueiro do Papão estava esperto e salvou em cima da linha.

Mesmo com o susto, os paraenses não perderam a tranquilidade. Pelo contrário, continuaram melhor na partida e conseguiram abrir o marcador. Vinicius Leite arrisca da entrada da área, a bola desvia na defesa do Timbu e entra no cantinho, 1 a 0 para o Papão.

O Paysandu cresceu ainda mais com o gol e quase ampliou no fim da etapa inicial, mas Nicolas não aproveitou as duas oportunidades que teve.

O segundo tempo começou e o Náutico voltou um pouco melhor, mas quem marcou foi o Paysandu. Tony desceu pela direita e cruzou, Nicolas finalizou, de letra, marcou um golaço. 2 a 0.

Restava ao Timbu ir para o tudo ou nada. E a "estratégia" kamikaze do Náutico deu certo! Willian Simões acertou excelente cruzamento, Álvaro subiu mais que todo mundo e marcou o gol para os pernambucanos: 1 a 2.

O gol deu um gás a mais para o Náutico que cresceu na partida. E quase empatou minutos depois do primeiro gol, mas a cabeçada de Álvaro foi para fora.

O Paysandu teve a oportunidade de matar com Uchôa, porém ele desperdiçou a chance de fazer o terceiro. Logo em seguida, Álvaro quase empatou, mas a bola foi para fora outra vez.

E quando tudo parecia perdido, aos 49 minutos, o árbitro Leandro Vuaden marca pênalti para o Náutico. Na discussão para batida da penalidade, Perema, do Paysandu, e Diego, do Timbu, foram expulsos. E depois de muito bate-boca, Jean Carlos foi para cobrança e empatou, para explosão da torcida do Náutico, 2 a 2.

Pênaltis

A decisão foi para os pênaltis. E brilhou a estrela de Jefferson, que defendeu uma cobrança e classificar o Náutico! 5 a 3 nas cobranças de pênaltis

Mais Futebol