Topo

Futebol


Em alta e cheio de confiança, Corinthians recebe o Flu na Sula

22/08/2019 08h00

O Corinthians inicia na noite desta quinta-feira, às 21h30, o duelo com o Fluminense pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. Outrora criticado pelos seus baixos números no setor ofensivo, o time de Fábio Carille chega para o mata-mata em grande fase e terá o fator casa como vantagem no primeiro jogo do duelo eliminatório.

Na sexta colocação do Campeonato Brasileiro e com uma sequência de nove jogos de invencibilidade após a parada do calendário nacional para a disputa da Copa América, o Corinthians tem na Copa Sul-Americana uma oportunidade de conquistar mais um título nesta temporada.

O torneio internacional, além de ser uma competição inédita para o clube do Parque São Jorge, é o caminho mais rápido para o Alvinegro voltar a disputar a Copa Libertadores do ano que vem - um dos objetivos do Timão para 2020. O primeiro passo, no entanto, é fazer o dever de casa contra o Fluminense, em Itaquera.

- Sul-Americana é mata-mata, não podemos apostar só nela. É uma reta final, um campeonato que a gente não tem, eu nunca ganhei, mas é passo a passo nos dois campeonatos - pontuou o goleiro Cássio relembrando que o Corinthians também tem intenção de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro.

Para o jogo desta quinta, o técnico Fábio Carille terá força máxima. Ainda assim, há dúvidas na formação titular do Corinthians. Os centroavantes Vagner Love e Mauro Boselli disputam vaga no ataque, enquanto os meio-campistas Sornoza e Mateus Vital duelam pela posição de armador da equipe.

A tendência é de que o Timão entre em campo com Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel e Júnior Urso; Pedrinho, Mateus Vital (Sornoza) e Clayson; Mauro Boselli (Vagner Love).

Seja qual for a escalação, o elenco está confiante em mais uma boa atuação ao lado da Fiel Torcida. Isto porque, após a Copa América, o Corinthians encontrou seu sistema de jogo e vem dando trabalho para os adversários. A meta, agora, é conseguir uma boa vantagem contra o Fluminense para decidir a vaga para as semifinais na próxima quinta, no Maracanã.

- Pés no chão, ir evoluindo. Antes da Copa América, a gente tinha mudado muitos jogadores, hoje eles dominam a parte tática, têm entrosamento bom, às vezes entram uns que não têm tanta oportunidade e mantém o nível. No início do ano a gente almejava brigar por tudo, temos chance - concluiu o goleiro e provável capitão Cássio.

Mais Futebol