Topo

Futebol


United critica racismo da torcida contra Pogba: 'Tolerância zero'

20/08/2019 12h02

O Manchester United empatou com o Wolverhampton, fora de casa, em 1 a 1, nesta segunda-feira. Pogba perdeu um pênalti que poderia recolocar a equipe na frente do placar. O francês sofreu com insultos racistas nas redes sociais. O Manchester divulgou um comunicado contra o racismo e pregou "tolerância zero" com qualquer forma de discriminação.

- Os indivíduos que expressam esse tipo de ponto de vista não representam os valores do nosso grande clube e é encorajados ver que boa parte de nossa torcida condena essa situação nas redes sociais. O Manchester United tem tolerância zero para com qualquer forma de racismo ou discriminação, e tem um compromisso, de longo prazo, de lutar contra isso através da iniciativa #AllRedAllEqual ("todos os vermelhos iguais"). Também encorajamos as empresas de redes sociais a tomarem uma medida - apontou o comunicado.

RECORRENTE

Pogba não é o primeiro a sofrer com o racismo nas redes sociais neste início de temporada. Na final da Supercopa da Europa, o jovem Tammy Abraham também foi insultado, após perder o pênalti decisivo que garantiu o título para o Liverpool. O Chelsea também condenou as atitudes e não descartou identificar os torcedores e puni-los.

CRESCE O RACISMO NA INGLATERRA

O racismo no futebol inglês segue crescendo. A organização inglesa 'Kick It Out', que trabalha na inclusão e no combate a discriminação, divulgou um relatório, em julho, que comprovou um aumento em 47% de casos de racismo dentro dos estádios do Reino Unido, na temporada de 2018/19, em comparação com 2017/18.

Mais Futebol