Topo

Futebol


Justiça penhora verba milionária do Vasco a favor de empresa de alimentos

20/08/2019 22h45

Em mais uma ação da empresa "Marcelo d Araujo Fornecimento de Alimentos ME" contra o Vasco, a Justiça penhorou verba milionária do clube. O juiz João Marcos de Castello Branco Fantinato, da 34ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), deferiu pedido da empresa de alimentos e determinou a penhora de R$ 2.546.203,79 do clube, acolhendo que esta quantia deverá ser depositada por empresas as quais devem pagar créditos ao Cruz-Maltino.

O LANCE! teve acesso aos autos, com a indicação destas empresas que irão depositar em juízo o valor determinado na decisão, até o limite citado. São elas: Banco Central, via Bacen, com a penhora de 20% de qualquer crédito em nome do Vasco, Grupo Globo, Zoom Telecomunicações, Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ambev, Tim e Banco BMG.

Não é o primeiro processo desta empresa contra o Vasco, que cobra mais outros aproximadamente R$ 4 milhões do clube. E esta não foi a primeira ação que o Cruz-Maltino sofreu de uma empresa de alimentos. O clube também teve bloqueio de mais de R$ 1 milhão em ação a favor da "Espetto Carioca Administração de Franquias LTDA", entrando em acordo posteriormente para o pagamento da dívida de forma parcelada.

Mais Futebol