Topo

Futebol


Timão pode continuar temporada com o mesmo calendário apertado

17/06/2019 08h00

A maratona de jogos tão criticada no primeiro semestre deste ano pode se repetir no restante da temporada. O técnico Fábio Carille, que chegou a reclamar da falta de tempo para treinar seus jogadores em razão do calendário apertado, pode passar pelo mesmo problema. Por essa razão, aproveitar a pausa para a Copa América é importante para aprimorar os treinamentos (o time está de folga até o próximo dia 24).

Até aqui, foram 38 jogos oficiais em 143 dias, levando em conta o dia do primeiro jogo (20 de janeiro) e do último (12 de junho). Caso o Alvinegro chegue até a decisão da Copa Sul-Americana, o time terá um calendário parecido: 38 jogos em 147 dias. Ou seja, entre 14 de julho e 8 de dezembro serão 30 confrontos válido pelo Campeonato Brasileiro e o restante pelo torneio continental.

- A minha expectativa (de melhora) é de que seja depois da Copa América, pois será um tempo maior de preparação do que foi em janeiro. E ainda teremos o grupo todo. O Manoel teve catapora enquanto estava no Cruzeiro e veio fazer a pré-temporada quando já estava no Corinthians. O Júnior Urso chegou na rodada em que enfrentaríamos o Palmeiras, o Clayson ficou no departamento médico, o Ralf, o Gabriel e o Pedrinho também machucaram - explicou o técnico Fábio Carille, há alguns dias, lembrando que o Corinthians teve pouco mais de duas semanas de pré-temporada no início deste ano.

No entanto, ao contrário do que aconteceu em janeiro, o treinador alvinegro não deve ter os mesmos problemas com o condicionamento físico de seus atletas. No período de paralização, o Timão fará dois amistosos antes de voltar às competições oficiais. No dia 29 de junho, joga contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. Já no dia 4 de julho, o time vai a Goiânia enfrentar o Vila Nova.

Mais Futebol