Topo

Futebol


Félix exalta reação do Qatar e 'apoio' da torcida: 'Dá coragem para lutar'

16/06/2019 19h24

O treinador Félix Sánchez enalteceu a maneira como o Qatar buscou o empate em 2 a 2 com o Paraguai, neste domingo, no Maracanã. Em entrevista coletiva após a estreia da seleção asiática na Copa América, ele apontou a maior lição que fica do duelo:

- Logo de saída, tivemos um erro na defesa. Isso condicionou um pouco a situação do jogo. Mesmo assim, tivemos confiança e soubemos reagir em campo. Isto tem de ser valorizado.

Sánchez mostrou gratidão sobre a maneira como a seleção foi "acolhida" no Maracanã:

- Ter o apoio de parte da torcida sempre é bonito e te ajuda, te dá coragem para seguir lutando. Estou muito agradecido por receber o apoio das pessoas. Evidentemente, ajuda, mas dentro do jogo são 11 contra 11 - e, em seguida, fez um alerta:

- Eles que têm que dar o máximo para conseguir o resultado. Foi um ambiente insano, com duas torcidas. Mas muito fair play dentro e fora de campo. É o que se quer ver em um jogo de futebol.

O técnico minimizou o público aquém do esperado no Maracanã e disse:

- É Maracanã, é um estádio fantástico, esperamos que o espectador tenha desfrutado.

Félix Sánchez ainda destacou como vai projetar a primeira fase:

- Jogar está competição é uma experiência para estes jogadores. Estamos pensando no Mundial de 2022, nos preparando para ele. Não pensamos ainda em Argentina, Messi. Vamos primeiro nos preparar para Colômbia

Mais Futebol