Presidente eleito agradece confiança e promete mudanças drásticas no Santos

Marcelo Teixeira agradeceu a confiança dos associados após ser eleito hoje o novo presidente do Santos, tendo dominado a votação. Ele recebeu 4762 votos.

"Quero agradecer a confiança do associado. O que hoje deveria ser uma festa da democracia, o ambiente não é tão propício pois não estamos felizes com este ano. Mas, de qualquer maneira, as urnas são soberanas. Os votos muitos expressivos demonstram a confiança no nosso trabalho e projeto", contou.

"Vamos reconstruir o Santos e reconduzir o time ao seu devido lugar e patamar de vanguarda, de um clube vencedor. É uma marca muito forte, a nível nacional e mundial", completou.

Teixeira prometeu mudanças drásticas no Peixe. O novo mandatário assume o comando do clube em janeiro de 2024 e permanecerá no poder até dezembro de 2026.

"Queremos que o Santos seja único, com todos unidos. Vamos trabalhar para ter a chance de recolocar o Santos em seu devido patamar. A mudança será feita. Essas medidas serão drásticas e emergenciais. Não podemos nos acomodar. E não serão apenas em uma área. Temos cinco pilares, que serão atacados de uma forma imediata", declarou.

"Vamos nomear as comissões de transição, que vão avaliar todos os assuntos de departamento do clube. Esperamos que haja um processo transparente e aberto da atual diretoria para a gente possa agir de uma maneira competente e rápida. Precisamos tomar atitude", acrescentou.

O empresário disse que será um grande desafio voltar ao comando do Alvinegro Praiano, mas afirmou estar pronto para tentar levar o clube de volta à Série A do Campeonato Brasileiro.

"Tenho muitos desafios, já enfrentei esses desafios e estou preparado para mais um. É um desafio difícil, mas, com um trabalho profissional, vamos desenvolver tarefas, missões e fazer do Santos mais uma vez que dê orgulho ao seu torcedor. É inadmissível ver tantas crianças, mulheres, santistas e até mesmo admiradores do futebol chorarem ao ver o Santos cair para a Segunda Divisão. Nosso compromisso é reconduzir o Santos de um lugar de onde nunca deveria ter saído", disse.

Aos 59 anos, Marcelo Teixeira volta ao cargo de presidente do Santos após cumprir dois mandatos entre 1991 e 1993 e, posteriormente, de 2000 a 2009. Durante suas gestões, o Peixe conquistou 12 títulos no profissional, somando masculino e feminino, com destaque para o Campeonato Brasileiro de 2002 e 2004 e a Libertadores feminina de 2009.

Continua após a publicidade

"Estou sempre aprendendo e quero sempre ter pessoas e profissionais ao meu lado que consigam me ajudar a desenvolver os projetos que estão na nossa proposta de campanha", finalizou o novo mandatário.

Marcelo Teixeira teve amplo domínio nos votos, tanto in loco (1270 votos), quanto na internet (3492). Assim, ele se consagrou presidente do Santos e teve totalidade do Conselho Deliberativo.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes