Organizada do Santos tenta invadir eleição e ameaça presidente do Conselho

Cerca de 20 membros da torcida organizada do Santos tentaram invadir o ginásio da Vila Belmiro, onde ocorre a eleição presidencial neste sábado.

O que aconteceu

O alvo foi o presidente do Conselho Deliberativo, Celso Jatene. Os santistas ameaçaram e cobraram fortemente o dirigente pela queda do clube para a série B.

Outra reclamação dos torcedores foi a suposta acusação de Celso Jatene sobre as bombas arremessadas no estádio em momentos de protestos. O dirigente teria dito que isso contribuiu para o rebaixamento.

Houve confronto entre a organizada e os seguranças contratados pelo Santos, que conseguiram conter a confusão. A tropa de Choque foi acionada dentro do estádio. Houve um detido.

Jatene deixou o ginásio por dentro do estádio e se protegeu em dos andares do estádio até a situação se acalmar.

Com a confusão, as eleições foram paralisadas por cerca de 20 minutos, mas já retornaram normalmente.

O delegado da Polícia Civil, Rubens Maraza, conversou com a imprensa e prometeu identificar os invasores. A votação acontece até às 17h.

Canal do Santos no Whatsapp

Quer saber tudo o que rola com o Santos sem precisar se mexer? Conheça e siga o novo canal do UOL dedicado ao time no WhatsApp.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes