Raphinha brilha, mas Barça só empata com Mallorca e pode perder liderança do Espanhol

Na tarde desta terça-feira, o Barcelona visitou o Mallorca, no Iberostar Estádio, em Palma de Maiorca (ESP), pela sétima rodada do Campeonato Espanhol, e empatou por 2 a 2. Os atacantes Muriqi e Abdón Prats marcaram para os donos da casa, enquanto Raphinha e a cria Fermín, com assistência do brasileiro, anotaram os tentos visitantes.

Assim, o clube catalão mantém a invencibilidade na competição - soma cinco vitórias e dois empates -, mas desperdiça chance de se distanciar na liderança do Nacional. Agora, a equipe acumula 17 pontos, apenas um acima do vice-líder Girona e dois do Real Madrid, terceiro lugar. No entanto, ambos têm um jogo a menos.

Por outro lado, o Mallorca segue oscilando na campanha no torneio. A equipe acumula apenas um triunfo, três igualdades e três reveses. Dessa forma, ocupa a 15ª colocação, com seis pontos - dois acima da zona do rebaixamento.

Na próxima rodada, portanto, o Barcelona recebe o Sevilla, às 16 horas (de Brasília) de sexta-feira (29), no Estádio Olímpico Lluís Companys, em Barcelona (ESP). Na manhã de sábado, o Mallorca visita o Rayo Vallecano, a partir das 11h15, no Estádio de Vallecas, em Madri (ESP).

Os gols de Mallorca e Barcelona

O primeiro tento da partida saiu logo aos sete minutos de jogo. Após erro de Ter Stegen na saída de bola, António Sanchez invadiu a área e acionou Muriqi, que não desperdiçou e abriu o placar.

A resposta do Barcelona veio já na reta final do primeiro tempo. Aos 40 minutos, Raphinha aproveitou bola espirrada na defesa, dominou com categoria já ajeitando para a perna esquerda e chutou forte, de fora da área, para empatar o confronto.

No entanto, a felicidade catalã durou pouco. Ainda antes do fim da etapa inicial, aos 47, o Mallorca voltou a tomar a liderança no marcador. Após tiro de meta, Abdón Prats recebeu passe de cabeça de Muriqi, saiu na cara de Ter Stegen e deu um leve toque na bola para mandá-la para o fundo da rede.

Na volta do intervalo, a equipe treinada por Xavi dominou as principais ações do embate para buscar o empate. Aos 22, o time azul e grená conseguiu um pênalti a seu favor, sofrido pela joia Lamine Yamal. No entanto, após revisão no monitor do VAR, o árbitro voltou atrás e anulou a penalidade.

Continua após a publicidade

Sete minutos mais tarde, o Barcelona enfim igualou o placar. Após jogada pela direita, Raphinha cruzou rasteiro para a área, Lewandowski deixou passar e a bola chegou até Fermín, que bateu de primeira para anotar o 2 a 2.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes