PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Carille evita falar sobre contrato e explica por que não utilizava Marcos Leonardo no Santos

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

29/11/2021 06h00

Marcos Leonardo é a grande novidade do Santos nessa reta final de Campeonato Brasileiro.

O atacante de 18 anos fez os dois gols na vitória sobre o Fortaleza na Vila Belmiro e empatou o jogo diante do Internacional no Beira-Rio.

O técnico Fábio Carille utilizou o jovem na sua estreia contra o Athletico, em setembro, e só voltou a acionar o Menino da Vila agora, em novembro. Ele explicou seus motivos em coletiva de imprensa depois do 1 a 1 com o Inter.

"Sobre contrato eu não sei, diretoria pode responder. Vinha treinando bem, vem treinando bem. Teve algumas convocações desde que cheguei, três se não me engano. Como sempre era chamado para a seleção, tivemos um certo cuidado de colocar quem estava jogando no dia a dia. Tardelli que com a sua experiência nos ajudou muito. Raniel que já colaborou com gols. Mas não me surpreende (o desempenho) pelo que vejo no dia a dia", disse Carille.

O treinador evitou falar sobre a situação contratual de Marcos Leonardo. O centroavante tem vínculo até outubro de 2022 e, até agora, a negociação não avançou. Assim como com Vinicius Balieiro, a diretoria sugeriu uma "geladeira" para o garoto. A estratégia não funcionou, Marcos voltou a jogar por necessidade e está mais valorizado após os gols.

Marcos tem sido convocado para a seleção brasileira sub-20. A diretoria poderia ter pedido a liberação para a CBF nessas ocasiões citadas por Carille, mas não o fez.

Futebol