PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Abel Ferreira busca conquistar o segundo título sobre Renato Gaúcho em 2021

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

27/11/2021 05h00

Neste sábado, Palmeiras e Flamengo definem quem fica com o título da atual edição da Libertadores. A bola rola às 17h (horário de Brasília), no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. À beira do campo, Abel Ferreira terá a oportunidade de superar Renato Gaúcho pela segunda vez em uma decisão neste ano.

Entre o fim de fevereiro e o começo de março, Palmeiras e Grêmio disputaram a final da Copa do Brasil da última temporada. O Verdão levou a melhor nas duas partidas, e Abel conquistou o seu segundo título pelo clube alviverde em quatro meses de trabalho.

Na Arena do Grêmio, o Palmeiras venceu por 1 a 0, com gol marcado por Gustavo Gómez. Tendo a vantagem, o time comandado por Abel voltou a derrotar os Gaúchos no Allianz Parque, dessa vez por 2 a 0, com Wesley e Gabriel Menino balançando as redes.

Até o momento, Abel tem um retrospecto melhor do que o de Renato em confrontos entre os treinadores. Em quatro partidas, o português venceu duas vezes e o brasileiro uma, além de um empate. No único jogo em que Portaluppi esteve à frente do Flamengo, derrotou o Palmeiras por 3 a 1, no Allianz Parque.

Abel nunca escondeu que enxerga Renato como um dos melhores profissionais do Brasil. Nas vésperas da final, o técnico do Verdão voltou a elogiar o comandante do Rubro-Negro.

"A admiração que tenho por ele como jogador e, agora, como treinador... É um dos grandes treinadores brasileiros da atualidade. Fiz questão de tirar uma foto com ele, tenho uma foto com ele no meu telefone", disse Abel.

"Que melhor prazer podes ter do que enfrentar os melhores? Se você quer ser o melhor, tem que ganhar dos melhores. Dos melhores adversários e treinadores, esse que é o desafio", completou.

Enquanto Abel já tem a Copa do Brasil e a Libertadores em seu currículo pelo Palmeiras, Renato busca conquistar o seu primeiro título como treinador do Flamengo. Em 2017, o técnico levou o Grêmio à conquista do torneio continental.

Futebol